Sofrimento - Page 9

SANTOS QUE SOFRERAM: DAVI Em 2 Samuel 24, o resultado do censo concedeu a Davi dormir com uma grande multidão de espadas a seu serviço (v. 9). Mas, quando ele acordou, a notícia atingiu seu coração. Gade chegou para dizer a Davi que seu orgulho custaria caro ao reino. Ele deve escolher o preço: anos de fome, meses de batalhas perdidas ou dias de pestilência. Fraco demais para suportar o fardo, o rei angustiado cai nas mãos de Deus, como que dizendo: "Tu escolhes". 70.000 pessoas do povo de Deus morreriam de doenças, até que o próprio Deus se arrependesse e o Anjo destruidor se curvasse com os braços cruzados. Ó amados! Será que podemos contar quanta dor é causada por um único pecado? A Reação do Sofredor Meditando nesses cenários, podemos nos perguntar como Davi se recuperou. Ou, dada a dor que ele causou, podemos até sermos tentados a perguntar se ele deveria. Mas nunca devemos nos esquecer que nosso Deus é um Deus gracioso e grandíssimo em perdoar. Finalmente, em paz e olhando para trás na sua vida, o rei arrependido canta suavemente: "A tua mansidão me engrandeceu" (2 Samuel 22:36; Salmo 18:35). Olhe atentamente, e você verá a mão gentil de Deus, buscando o melhor para Seu servo, mesmo nessas cenas terríveis. Os servos em Jerusalém não conseguiram reanimar Davi de sua dor enquanto o filho de Bate-Seba sofria. Mas, depois que o bebê morreu, Davi se lavou e adorou com um espírito renovado: "Eu irei a ela, porém ela não voltará para mim" (2 Samuel 12:23). Prostrado diante de Deus, Davi confiou que o sofrimento terminaria no tempo de Deus, e a criança iria ao seu Criador. Até mesmo Salomão viria a nascer dessa dor. É difícil considerarmos uma praga tão terrível que o próprio Deus Todo-Poderoso disse: "Basta". No entanto, com olhos cheios de lágrimas, Davi testemunhou aquele Anjo guerreiro embainhar sua espada e retirar a sua mão. Em resposta, Davi se curvou em adoração – adoração comprada por um preço. Deus havia tratado gentilmente com ele, e Davi estava em dívida com a mão misericordiosa de Deus. O preço do pecado deveria ter sido maior, e ele pagaria o que pudesse. O Resultado da Aflição Por causa do Calvário e independentemente do passado, onde quer que um coração humilde e cheio de fé se incline diante dele em arrependimento, nosso Deus perdoa. Uma e outra vez, a branda mão de Deus ergueu Davi de sua tristeza e colocou seu sofrimento de lado. Tenha certeza, querido crente, todos os que sofrem sob a vergonha e a dor de um ato pecaminoso podem se consolar com as palavras desse homem tão próximo do coração de Deus: "Não repreenderá perpetuamente, nem para sempre conservará a sua ira. Não nos tratou segundo os nossos pecados, nem nos retribuiu segundo as nossas iniquidades. Pois quanto o céu está elevado acima da terra, assim é grande a sua misericórdia para com os que o temem. Quanto está longe o Oriente do Ocidente, assim afasta de nós as nossas transgressões" (Salmo 103:9-12). Ser genuinamente perdoado, de coração, muda você. Quem nunca se impactou com as palavras do apóstolo, "E é o que alguns têm sido" (1 Coríntios 6:11) e sentiu o coração apertar dentro peito? Apenas uma coisa servirá para tais pecadores perdoados: nós mesmos devemos nos render e adorar ao grande Amante de nossas almas. Davi comprou e trouxe holocaustos e ofertas pacíficas exatamente onde estava, na eira de Araúna. Seu pecado foi perdoado; o templo podia esperar! Da mesma forma, querido salvo perdoado, não seja consumido por sua vergonha e culpa. Seus pecados são perdoados! Olhe para cima, considere a sua redenção e honre ao Senhor Jesus exatamente onde você está; dê graças pela misericórdia e graça da Sua terna e suave mão! 9