Sofrimento - Page 13

SANTOS QUE SOFRERAM: NOEMI coração vazio de Noemi. Rute nunca conheceu o anseio de Noemi, mas ela seguirá a Noemi e ao seu Deus de volta à "casa onde há pão". Quantas manhãs Noemi olhou em direção a Belém, com um buraco no estômago e coração apertado? Saber o que é certo, mas paralisado pelas garras da ansiedade, vergonha e orgulho quebrado, é uma agonia. De volta à terra de Judá, a família de Elimeleque não tinha motivos para acolher sua viúva rebelde e sua nora estrangeira. Sua perda se espalharia entre os fiéis da cidade tal como fogo. Talvez Noemi tenha imaginado os olhares tortos e as portas rudes. Sua antiga fazenda, se ainda existisse, estaria coberta de mato e sem utilidade, depois de uma década. Haveria joio grosso em meio à cevada. Além disso, duas mulheres sem recursos não conseguiriam ajeitar as coisas sozinhas naqueles dias. Mas, então, havia Deus. Ele sabia o que os outros apenas suspeitavam. Poderia Ele recebêla novamente? Amarga diante Dele, Noemi engole sua dor e orgulho e retorna a Belém. É o início da colheita das cevadas, e os campos brilham com esperança (Rute 1:22). A Reação da Sofredora C.S. Lewis observa que, se estamos no caminho errado, para progredir devemos fazer uma conversão. Devemos voltar, e voltar é o caminho mais rápido. O mesmo aconteceu com Noemi. Deixando para trás o sofrimento e a perda de Moabe, ela e Rute caminham para o oeste, para uma recepção incerta em Belém. Nunca subestime a coragem de uma alma penitente. Apesar de não lermos especificamente sobre o arrependimento de Noemi, sua atitude e seu reconhecimento do julgamento e da aflição permitidos por Deus falam muito mais que mera auto piedade e tristeza (Rute 1:20-21). Ao longo da história, mesmo em seu sofrimento, Noemi fala sobriamente do Senhor e de Sua honra. Ela sabia o que era certo, e sabia onde as bênçãos seriam encontradas. Acima de tudo, Noemi é uma figura de coragem. A perda de seu marido e filhos a cortou profundamente e a deixou desamparada. Belém ficou agitada com seu retorno, mas a perspectiva de vergonha e fofocas não a afastou. Uma pessoa mais fraca pode se desesperar, mas Noemi continuou com firme convicção. Temos razão em admirar uma mulher tão forte no Senhor. O Resultado da Aflição De Gênesis a Apocalipse, nunca duvide do coração amoroso de Deus, que restaura para Si as almas do Seu povo. “E o Deus de toda a graça, que em Cristo Jesus vos chamou à sua eterna glória, depois de haverdes padecido um pouco, ele mesmo vos aperfeiçoará, confirmará, fortificará e fortalecerá.” (1 Pedro 5:10) Desde o primeiro passo na travessia do Jordão até Moabe, sabemos que Deus queria Elimeleque e Noemi de volta a Belém. Ele se deleita em abençoar Seu povo, e sempre os restaurará de braços abertos. Embora curadas, as cicatrizes da desobediência permaneceram na vida de Noemi. Nem Noemi e nem Rute voltariam a trabalhar nos campos de Elimeleque em Belém. Esses campos foram perdidos, mas não todos. Tocada pela compaixão de Deus, encontramos Noemi na casa de Boaz, abraçando seu neto, Obede. Obede significa "serviço" e, portanto, essa santa sofredora se vê com um novo serviço, uma promessa e um novo significado diante de seu Deus. Certamente, Ele “restaurará os contritos de coração” (Isaías 61:1)! Sabemos que há um grande consolo na restauração de um salvo ao Senhor, mas e as pessoas ao lado? Antes, questionamos se a agitação de Belém pelo retorno de Noemi era acolhedora ou maliciosa. Eles abraçaram ou evitaram as migrantes? É maravilhoso ler que os anciãos na porta da cidade se proclamaram testemunhas das bênçãos de Deus na redenção de Rute (Rute 4:11), e as mulheres de Belém honraram Noemi como uma mulher restaurada pelo próprio Deus (Rute 4:15). Como povo de Deus, vamos nos alegrar com Ele e abraçar afetuosamente cada santo sofredor que Ele restaura para Si! 13