Revista Ice Brasil - Maio 2017 Ice Brasil - Maio 2017 - Page 8

RABISCANDO O GELO! PAPO DE ESPECIALISTA “SÓ TEMOS UM CAMINHO A SEGUIR E É PARA CIMA!” para se preparar. Estou muito anima- do, acho que temos uma grande chance de disputar o ouro. Quais os principais objetivos na pre- paração para o Pan-americano? Nosso foco será no jogo da equipe. Hóquei é um grande esporte coletivo e temos que manter todos os atletas na mesma página. Confiança, responsabi- lidade, sacríficio e ética de trabalho. To- dos esses componentes são cruciais para equipes bem-sucedidas. E, finalmen- te, treinar os cérebros desses jogadores para pensarem em hóquei no gelo. É uma modalidade diferente do inline e temos um tempo curto para se preparar. O que o Hóquei no Gelo pode fazer para crescer no país? Em 2015, o Bras il conquistou sua primeira medalha no hóquei no gelo. Podemos esperar resultados tão bons quanto ou até melhores? Jorge Peligrino, morador de Joinville, Santa Catarina, é ilustrador e webdesigner freelancer. Ele gosta de desenhar personagens e cenários voltados para animação, games e cursos à distância. É colaborador da Revista Ice Brasil. A cada ano está evoluindo. Em 2015 tivemos total apoio, estrutura e um plano para construir uma equipe competitiva. No ano passado as coisas mudaram: al- guns jogadores não puderam ir e termi- namos em quarto lugar, mas em muitos aspectos eu penso que melhoramos. Nes- te ano temos feito muitos recrutamentos, tentando convencer alguns dos melhores jogadores a irem. Estou confiante na lista que estamos trazendo para o México. O grande desafio é se tornar uma equipe rapidamente. Temos apenas alguns dias Temos que compartilhar a nossa histó- ria. Já temos um grande documentário e precisamos ter sucesso quando jogamos partidas internacionais. Recebemos muito interesse de pessoas nos Estados Unidos e no Canadá. Assim, a ajuda de fora do país será a chave. Além disso, quem sabe pode ser feito um filme sobre nós? Eu penso que só temos uma direção a ir e é para cima! O norte-americano Jens Hinderlie, 35 anos, é técnico da Seleção Brasileira de Hóquei no Gelo e conversou com a equipe da Ice Brasil sobre sua experiência ao lado do time brasileiro, os desafios do esporte e as expectativas para o Pan-americano da modalidade entre 5 e 11 de junho na Cidade do México: 9