Revista de Medicina Desportiva Setembro 2020 Setembro 2020 - Page 5

2019 Canadian Guidelines for Physical Activity Throughout
Pregnancy 1
Rev . Medicina Desportiva informa , 2020 ; 11 ( 5 ): 3-5 . https :// doi . org / 10.23911 / FMUP _ 2020 _ set Dra . Sofia Azevedo Vale 1 , Dr . João Esteves Sousa 2
1
Médico interno de formação especifica em Medicina Geral e Familiar na USF d ' As Terras de Lanhoso , ACES Cávado II – Gerês / Cabreira ; 2 Médico interno de formação especifica em Medicina Geral e Familiar na USF Gualtar , ACES Cávado I – Braga .

2019 Canadian Guidelines for Physical Activity Throughout

Pregnancy 1

Resumo e comentário
A prática de exercício físico está associada a diversos benefícios para a saúde , desde a diminuição da mortalidade e do risco de doenças crónicas à melhoria da saúde mental e forma física . A gravidez é um período único na vida da mulher , onde o estilo de vida pode ter um forte impacto na sua saúde e na do feto .
Nas últimas três décadas , a taxa de complicações maternas ( diabetes gestacional , pré-eclâmpsia , hipertensão gestacional e macrossomia do recém-nascido ) tem aumentado bastante , sendo o aumento da prevalência da obesidade materna a causa mais provável .
A prática de atividade física durante a gravidez está associada a múltiplos benefícios para o feto e para a mãe . Por um lado , há diminuição do risco de macrossomia e restrição do crescimento intrauterino ; por outro lado , está associado a diminuição do risco de pré-eclâmpsia , hipertensão gestacional , diabetes gestacional , ganho de peso excessivo , cesariana , parto instrumentado , incontinência urinária e depressão . Por este motivo , a atividade física no período pré-natal deve ser
considerada terapia de primeira linha na redução do risco de complicações durante a gravidez e na melhoria da saúde física e mental .
A recomendação da realização de 150 minutos de atividade física semanal para a população geral também se aplica ao período da gravidez . No entanto , apenas 15 % das grávidas conseguem cumprir esta recomendação . Infelizmente , alguns profissionais de saúde e grávidas ainda têm uma ideia errada relativamente à prática de exercício físico . Todavia , atualmente sabe-se que a atividade física não está associada a aborto espontâneo , morte fetal , parto pré-termo , rutura prematura de membranas , hipoglicemia neonatal , baixo peso ao nascimento , indução de parto , defeitos congénitos ou complicações no parto .
As presentes guidelines fornecem recomendações baseadas na evidência no que concerne à atividade física durante a gravidez e na promoção da saúde materna , fetal e o neonatal . Foram elaboradas pela Society of Obstetricians and Gynecologists of Canada ’ s ( SOGC ) e pela Canadian Society for Exercise Physiology ( CSEP ) a partir de uma extensa revisão sistemática de literatura atual e da opinião de experts , tendo em consideração a sua aplicabilidade , custos e aceitabilidade por parte dos profissionais de saúde e grávidas .
Recomendações
Para avaliar a qualidade da evidência das recomendações foi utilizado o The Grading of Recommendations Assessment , Development and Evaluation – ( GRADE ).
Em relação à força da recomendação :
• Recomendação forte – todas ou a maioria das grávidas beneficiarão do seguimento da recomendação ;
• Recomendação fraca – Nem todas as grávidas beneficiarão da recomendação . Terão de ser consideradas outros fatores . Em relação à qualidade de evidência :
• Alto – Os autores têm muita confiança de que o verdadeiro efeito é próximo do efeito estimado ;
• Moderado – Os autores acreditam que o verdadeiro efeito provavelmente é próximo do efeito estimado ;
• Baixo – O verdadeiro efeito pode ser muito diferente do efeito estimado ;
• Muito baixa – O verdadeiro efeito provavelmente é muito diferente do efeito estimado .
Recomendação 1 – Todas as mulheres sem contraindicações devem ser fisicamente ativas durante a gravidez . Recomendação forte , qualidade evidência moderada . Recomendação 2 – As mulheres grávidas devem realizar no mínimo 150 minutos , por semana , de atividade física de intensidade moderada . Recomendação forte , qualidade evidência moderada . Recomendação 3 – A atividade física deve ser realizada no mínimo três dias por semana . Recomendação forte , qualidade evidência moderada . Recomendação 4 – As mulheres grávidas devem realizar exercícios aeróbios e exercício resistido de fortalecimento muscular para atingir benefícios superiores . Os exercícios de alongamento também podem ser benéficos . Recomendação forte , qualidade evidência alta . Recomendação 5 – Realização de treino diário de fortalecimento do pavimento pélvico ( exemplo – exercícios de Kegel ) de modo a reduzir o risco de incontinência urinária . Recomendação fraca , qualidade evidência baixa . Recomendação 6 – As mulheres grávidas que sintam tonturas , náuseas ou indisposição quando treinam na posição supina devem modificar as suas atividades de modo a evitar esta posição . Recomendação fraca , qualidade evidência muito baixa .
Intensidade
Dado que os benefícios associados à prática de atividade física são superiores quando esta ocorre a intensidade moderada , é importante saber prescrever esta intensidade . Há duas ferramentas úteis para este fim . A frequência cardíaca ( FC ) materna é uma medida de intensidade da atividade física útil para as grávidas . A Tabela 1 expõe os intervalos de FC consoante o nível de atividade física
Revista de Medicina Desportiva informa setembro2020 3