Revista de Medicina Desportiva Setembro 2020 Setembro 2020 - Page 36

diagnóstica nas entidades descritas anteriormente . 7 Os testes de palpação , alongamento e contração resistida , assim como a avaliação do arco de movimento da anca , os testes de conflito femoroacetabular e outros testes especiais vão permitir despertar e identificar a localização da dor , de modo a orientar o caminho na árvore diagnóstica . É importante objetivar as amplitudes articulares da anca , assim como a força muscular nos movimentos dos quatro quadrantes da anca – flexão , extensão , adução e abdução , com comparação contralateral .
De acordo a história clínica e o exame físico , podemos determinar melhor a origem dos sintomas e sub- -agrupar a síndrome pubálgica de acordo os subgrupos acima descritos . 1 . Síndrome pubálgica , a relacionada com os músculos adutores e iliopsoas , com o canal inguinal e com a sínfise púbica :
• Síndrome pubálgica relacionada com os músculos adutores : desconforto ou dor sentida na palpação e na contração resistida dos músculos adutores . Teste especial – squeeze test dos adutores .
• Síndrome pubálgica relacionada com o músculo iliopsoas : desconforto ou dor sentida na contração resistida ou alongamento dos músculos flexores da anca . Teste especial – Thomas test .
• Síndrome pubálgica relacionada com o canal inguinal : desconforto ou dor sentida na palpação do canal inguinal , com agravamento na contração resistida dos músculos abdominais ou na manobra de Valsalva . Não existe hérnia palpável .
• Síndrome pubálgica relacionada com a sínfise púbica : desconforto ou dor sentida na palpação da sínfise púbica ou do osso púbico imediatamente adjacente . Sem dor de relevo nos testes de contração resistida .
2 - Síndrome pubálgica relacionada com patologia intra-articular da anca A patologia intra-articular da anca pode ser uma causa de dor na região inguinopúbica . O conflito femoroacetabular é uma síndrome clínica que resulta do contacto prematuro entre a extremidade proximal do fémur e o acetábulo e o
seu diagnóstico é feito pela presença de sintomas e sinais clínicos e achados imagiológicos . 8 Deve ser ponderado como diagnóstico inicial de patologia intra-articular da anca , na população jovem e atlética . Outros diagnósticos podem ser equacionados , nomeadamente patologia osteocondral e condrolabral . 7 Na avaliação clínica da síndrome pubálgica , o exame físico da anca é imprescindível . Devem ser avaliadas as amplitudes articulares passivas da anca , com especial atenção à rotação interna e externa ; testes de conflito , como o de flexão / adução / rotação interna ( FADIR ) e o de flexão / abdução / rotação externa ( FABER ). 9 A maioria dos testes clínicos da anca têm boa sensibilidade , mas baixa especificidade 8 , pelo que são importantes para excluir patologia intra-articular da anca . Para o diagnóstico definitivo , quando há suspeita de patologia intra-articular da anca , é necessário recorrer a exames complementares diagnóstico , como a imagiologia . Pode ainda ser necessário fazer uma prova de diagnóstico e terapêutica com um bloqueio intra-articular da anca . 3 - Outras causas de síndrome pubálgica
http :// www . skatesaude . com . br / 2018 / 03 / a-importancia- -dos-adutores-no-skate . html
Outras causas de dor na região inguinopúbica , mais graves e mais raras , devem estar no pensamento clínico . É importante saber que patologia dos órgãos abdominais e pélvicos pode mimetizar a patologia musculosquelética . Devem ser investigados os antecedentes clínicos , nomeadamente neoplasia da próstata no homem e da mama na mulher ou neoplasia dos órgãos reprodutores , uma vez que podem estar associados a metástases na região da anca e pelve . Outros sinais de alarme devem se tidos em conta , incluindo a perda de peso inexplicada , febre , dor noturna , traumatismo recente ou uso prolongado de corticosteroides . Deve ser também considerada outra patologia musculosquelética , como as reações / fraturas de stress da pelve , sacro e fémur , necrose avascular da cabeça femoral ou mesmo fraturas traumáticas da anca e pelve . 10
A patologia da coluna lombar e das articulações sacroilíacas deve também ser investigada e excluída . Deve ser investigada a presença de discopatia e radiculopatia através da história clínica e do exame físico , incluindo o teste de straight leg raise e o slump test . A patologia facetária pode ser excluída através do teste de extensão-rotação lombar e a patologia da articulação sacroilíaca deve ser investigada através dos testes específicos , como os testes de distração , compressão , tigth thrust , sacral thrust e de Gaenslen . 10
https :// holycrossleonecenter . com / can-femoroacetabular-impingement-fai-lead-to- -early-onset-osteoarthritis /
34 setembro 2020 www . revdesportiva . pt