Revista de Medicina Desportiva Setembro 2020 Setembro 2020 - Page 27

e artroplastia para fraturas cominutivas instáveis da tacícula radial demonstrou superioridade para a artroplastia , com melhoria da amplitude articular e menor número de complicações , contudo , fatores como o desgaste da prótese têm de ser tidos em conta na tomada desta decisão . 14
A sequela mais frequente na fratura da tacícula radial é a rigidez articular , que se traduz na perda de amplitude de movimento , sendo mais significativa a limitação da extensão , por norma com limitação dos últimos 15 º de extensão . 9 Pode ocorrer também lesão do nervo interósseo posterior com atingimento motor , pseudartrose , instabilidade ligamentar , ossificação heterotópica ou fenómenos de dor crónica . O programa de reabilitação deve ser progressivo e respeitar três fases evolutivas definidas clinicamente , com objetivo final de restabelecer as amplitudes articular flexão-extensão e pronação-supinação , bem como restaurar a força muscular e reeducar o gesto técnico : 15
• Fase 1 ( 7-28 dias ): objetivos de controlo de dor e edema , minimizar o descondicionamento e recuperar o arco de movimento dentro do limiar álgico e condicionado pela cicatrização da ferida cirúrgica . A intervenção realizada é com recurso a crioterapia , TENS tipo C , mobilização ativa assistida da flexão-extensão em adução do cotovelo e com o antebraço em posição neutra , exercícios de mobilização ativa do ombro com eventual recurso a bastão ou polias e do punho e dedos com exercícios de preensão palmar e destreza manual ;
• Fase 2 ( 4-8 semanas ): objetivos de restabelecer todo o arco de movimento do cotovelo e prevenir a atrofia muscular . Nesta fase ocorre a introdução do movimento pronação-supinação de forma ativa-assistida , fortalecimento em isometria dos flexores-extensores do cotovelo e punho , alongamento suave com técnicas de inibição / alongamento dos flexores-extensores e treino de atividades de vida diária integrando o membro superior esquerdo . O alongamento passivo não deve ser realizado nas primeiras 6 semanas de forma a reduzir a incidência de ossificação heterotópica ;
• Fase 3 ( 8-12 semanas ): objetivos de aumentar a força muscular , reeducar o gesto técnico e educar o paciente sobre a proteção articular adequada e exercícios terapêuticos a realizar após alta . Os exercícios de fortalecimento isotónico são iniciados 8 semanas após a cirurgia . O treino propriocetivo é iniciado em cadeia cinética fechada e após correto controlo do movimento inicia exercícios dinâmicos
16 , 17
em cadeia cinética aberta .
O retorno à prática desportiva é guiado pela evolução clínica e funcional , não existindo critérios de retoma desportiva estabelecidos nesta lesão . O principal objetivo é restabelecer a força muscular , a amplitude articular e a ausência de queixas álgicas ou instabilidade articular . O tempo até à reintegração no desporto ronda as 12 semanas .
Os autores negam qualquer conflito de interesses , assim como a originalidade do manuscrito e a sua não publicação prévia .
Correspondência e-mail – antonio . araujo88 @ gmail . com ; telemóvel – 914991650
Bibliografia
1 . Pappas N , Bernstein J . Fractures in brief : radial head fractures . Clin Orthop Relat Res . 2010 ; 468 ( 3 ): 914-916 .
2 . Koehle MS , Lloyd-Smith R , Taunton JE . Alpine Ski Injuries and Their Prevention . Sports Med . 2002 ; 32 ( 12 ): 785-793 .
3 . Coury T , Napoli AM , Wilson M , Daniels J , Murray R , Milzman D . Injury patterns in recreational alpine skiing and snowboarding at a mountainside clinic . Wilderness Environ Med . 2013 ; 24:417-421 .
4 . Davey A , Endres NK , Johnson RJ , Shealy JE . Alpine Skiing Injuries . Sports Health . 2019 ; 11 ( 1 ): 18-26 .
5 . Stenroos A , Handolin L . Incidence of recreational alpine skiing and snowboarding injuries : six years ’ experience in the largest ski resort in Finland . Scand J Surg . 2015 ; 104:127-131 .
6 . Rust DA , Gilmore CJ , Treme G . Injury patterns at a large Western United States ski resort with and without snowboarders : the Taos experience . Am J Sports Med . 2013 ; 41:652-656 .
7 . Shealy JE , Johnson RJ , Ettlinger CF , Scher IS . Role of helmets in mitigation of head injuries : epidemiologic study of head injuries to skiers . In : Johnson RJ , Shealy JE , Greenwald RM , eds . Skiing Trauma and Safety : 20 th Volume . Conshohocken , PA : ASTM International 2015 ; 22-38 .
8 . Duckworth AD , McQueen MM , Ring D . Fractures of the radial head . Bone Joint J . 2013 ; 95-B : 151-159 .
9 . Couture A , Hérbert-Davies J , Chapleau J , Laflamme GY , Sandman E , Rouleadu DM . Factors affecting outcome of partial radial head fractures : A Retrospective Cohort Study . Orthop Traumatol Surg Res . 2019 ; S1877- 0568 ( 19 ): 30302-0 .
10 . Kaas L , Struijs PA , Ring D , van Dijk CN , Eygendaal D . Treatment of Mason type II radial head fractures without associated fractures or elbow dislocation : a systematic review . J Hand Surg Am . 2012 ; 37 ( 7 ): 1416-21 .
11 . Struijs PA , Smit G , Steller EP . Radial head fractures : effectiveness of conservative treatment versus surgical intervention . A systematic review . Arch Orthop Trauma Surg . 2007 ; 127 ( 2 ): 125-30 .
12 . Antuña SA , Sánchez-Márquez JM , Barco R . Long-term results of radial head resection following isolated radial head fractures in patients younger than forty years old . J Bone Joint Surg Am . 2010 ; 92 ( 3 ): 558-66 .
13 . Pearce MS and Gallannaugh SC . Mason type II radial head fractures fixed with Herbert bone screws . J R Soc Med . 1996 ; 89 ( 6 ): 340P-344P .
14 . Chen X , Wang S , Cao L , Yang G , Li M , and Su J . Comparison between radial head replacement and open reduction and internal fixation in clinical treatment of unstable , multi-fragmented radial head fractures . Int Orthop . 2011 ; 35 ( 7 ): 1071-1076 .
15 . Pinheiro JP . Medicina de Reabilitação em Traumatologia do Desporto . Editora Caminho , 1998 .
16 . Ashwood N , Bain G , Unni R . Management of Mason Type-III radial head fractures with a titanium prosthesis , ligament repair , and early mobilization . J Bone Joint Surg . 2004 ; 86:274-80 .
17 . King G . Management of comminuted radial head fractures with replacement arthroplasty . Hand Clin . 2004 ; 20:429-441 .

7 º Encontro Científico APO

Saúde ossea em tempos de pandemia

Data : 17 de outubro Hora : 16h
Revista de Medicina Desportiva informa setembro2020 25