Revista de Medicina Desportiva Janeiro 2021 - Page 35

Promoção da Atividade Física nos Cuidados de Saúde Primários em Portugal
No passado dia 16 de Novembro decorreu um webinar organizado pelo Grupo de Estudo Saúde e Exercício da SPMD com o tema Promoção da Atividade Física nos Cuidados de Saúde Primários em Portugal . O webinar foi moderado pela Dr .ª Rita Tomás , médica especialista em Medicina Desportiva e MFR e coordenadora do Grupo de Estudo “ Saúde e Exercício ” da SPMD , e pela Prof ª Marlene Silva , psicóloga clínica , doutorada em Exercício e Saúde , especialidade em Saúde e Condição Física e diretora do Programa Nacional de Promoção da Atividade Física ( PNPAF ) da Direção Geral de Saúde ( DGS ). Como palestrantes , para além da Prof ª Marlene Silva , o webinar contou a presença de : Dr .ª Diana Campos Lopes , médica pós-graduada em Medicina Desportiva , no 4 º ano de formação específica em Medicina Geral e Familiar , USF Villa Longa e responsável do Projeto-Piloto de Promoção da Atividade Física no ACES Estuário do Tejo , ARSLVT ; o Prof . Doutor Pedro Morouço , professor adjunto e coordenador do mestrado em Prescrição do Exercício e Promoção da Saúde e fisiologista do exercício , Projeto-Piloto de Promoção da Atividade Física , USF Santiago de Leira , ACES Pinhal Litoral , ARS Centro ; e Prof . Bruno Avelar Rosa , consultor e professor universitário , doutorado em Psicologia da Educação , licenciado em Ciências do Desporto e membro do PNPAF da DGS .
A Prof . Marlene Silva falou dos principais eixos de ação do PNPAF , que inclui a promoção da atividade física ( AF ) nos sistemas e serviços de saúde , cumprindo uma das orientações do plano global da OMS . Esta é a estratégia para promoção da AF com melhor relação custo-eficácia . A avaliação do nível de AF em consulta pode ser feita pelas ferramentas que já estão disponíveis ( SClínico ) desde o final de 2017 . Depois , de acordo com nível de AF do utente , existem diferentes ferramentas digitais para fazer um aconselhamento breve , auxiliar na decisão de iniciar AF regular , construir planos de ação ou de manutenção . Apesar de serem ferramentas simples de utilizar , está a decorrer uma
formação em formato e-learning para os psicólogos que trabalham nos Cuidados de Saúde Primários no SNS , para que estes possam disseminar estas ferramentas nas respetivas unidades . Está também a decorrer um estudo piloto em 10 unidades para testar o modelo de consulta de AF , com prescrição de AF , para utentes com depressão e diabetes mellitus tipo 2 . Este estudo iniciou-se em 2019 , com a primeira unidade a iniciar atividade em Abril de 2019 , USF Santiago de Leira . Até Fevereiro de 2020 iniciaram atividade mais nove unidades . Neste momento , desde Março de 2020 , esta consulta de AF encontra-se suspensa devido ao contexto pandémico . É expectável que em 2021 o estudo se reinicie nas diferentes unidades .
A Dr .ª Diana Campos Lopes partilhou a sua experiência como médica responsável da Consulta de AF na USF Terra de Cira , em Vila Franca de Xira . A Consulta de AF nesta unidade conta ainda com um outro médico , o Dr . Medina do Rosário , e um professional do exercício físico ( PE ), o Prof . Nuno Tavares , através da parceria com a Câmara Municipal de Vila Franca do Xira . A Consulta de AF inicia-se com avaliação da elegibilidade clínica do utente para participar no projeto e do seu estado saúde por parte do médico . É feito um resumo da situação clínica para o PE , com referência a alguma eventual contraindicação . O PE faz uma avaliação da aptidão da física , estabelece um plano de exercício físico e referencia o utente para os programas existentes na comunidade ou para um programa individual . O grupo de intervenção , durante seis meses , tem entre 3 a 4 contatos com o médico e 5 ou 7 contatos com o PE , consoante estejam em programa na comunidade ou em individual , respetivamente . O grupo de controlo , funcionou com o grupo de “ espera ”, podendo integrar o estudo após seis meses .
O Prof . Pedro Mouroço falou dos desafios vividos como fisiologista do exercício na consulta de AF na USF Santiago de Leira , ACES Pinhal Litoral , desde Abril de 2019 , onde fez a equipa com o Dr . Bruno Carreira . Esta unidade foi a primeira do país a implementar a Consulta de AF . O Prof . Pedro Mouroço partilhou algumas dificuldades encontradas , tendo sido encontradas soluções dentro da equipa e que foram úteis às unidades que iniciaram o projeto posteriormente . Foi fundamental para o sucesso do projeto piloto uma boa articulação entre ARS , ACES , USF , Câmara Municipal de Leira e com os projetos de promoção de AF na comunidade desenvolvidos pela Juventude Vidigalense e Câmara Municipal de Leiria . A prescrição de exercício é sempre feita por escrito , à semelhança de uma receita de fármacos .
O Prof . Bruno Avelar Rosa falou do projeto European Physical Activity on Prescription ( EUPAP ), no qulal a Direção-Geral da Saúde participa , que consiste em replicar as boas práticas de prescrição de AF que existem nos serviços de saúde primários suecos . Este projeto conta com 10 parceiros de países diferentes , coordenados pela agência de Saúde Pública Sueca , têm de aplicar o modelo sueco e adaptá-lo ao contexto de cada um . O modelo sueco assenta em cinco componentes : 1 ) aconselhamento individualizado ; 2 ) prescrição de AF por escrito ; 3 ) recomendações de AF baseada na melhor evidência ; 4 ) seguimento do utente ; 5 ) relação com a comunidade e os seus “ recursos de AF ”. O estudo piloto do PNPAF , iniciado em 2019 , conta também com estes cinco componentes . No âmbito deste projeto já houve três momentos de formação , em que participaram 11 portugueses , entre médicos e PE dos projetos-piloto , que agora farão formação em cascata no nosso país . O EUPAP permite criar uma rede de profissionais que vai alimentar a Consulta de AF .
O webinar foi um grande sucesso e contou a participação de 120 participantes . A importância do tema reflete também o interesse despertado na comunidade da saúde e do exercício . Para aqueles que não conseguiram assistir ou que querem rever o webinar , a gravação encontra- -se disponível para consulta na plataforma YouTube – https :// youtu . be / RCkNugTQWIQ , onde já conta já com mais de 80 visualizações . Dra . Rita Tomás
Revista de Medicina Desportiva informa janeiro 2021 · 33