Revista de Medicina Desportiva Informa Setembro 2012 - Page 12

ou fragmentação (Fig. 10 a 12). Pode estar associada a psoríase vulgar em áreas mais ou menos extensas, inversa, pustulosa ou artropática, pelo que a observação e orientação especializada por dermatologia é fundamental. É por vezes necessário exame histopatológico para a sua caraterização e mesmo com estudo por PAS, pois pode estar associada a infeção fúngica. Os tratamentos possíveis são múltiplos. Desde o calcipotriol, calcitol e talcalcitol tópicos, à associação com corticosteroides tópicos ou intralesionais / intramatrissiais até a diferentes terapêuticas sistémicas (acitretina, ciclosporina, metotrexato ou agentes biológicos) em função da intensidade do seu envolvimento e da coexistência e extensão ou gravidade de outras áreas envolvidas. É fundamental evitar os microtraumatismos repetidos. 2.3 Líquen O líquen plano é uma doença inflamatória com envolvimento intenso de linfócitos de tipo T citotóxico, que pode estar associado com outras doenças ou fármacos, com lesões clínicas da pele e/ou mucosas sugestivas (pápulas eritematovioláceas com estrias de Wickham) e que pode ter envolvimento ungueal com expressão clínica variada (Fig. 13 e 14): estriação longitudinal ou transversal, hiperqueratose subungueal, discromia, onicólise ou mesmo pterigíum. O tratamento pode ser local, intramatricial ou sistémico e é também fundamental evitar microtraumatismos repetidos. O diagnóstico diferencial faz-se com outras doenças inflamatórias, como a psoríase, ou com microtraumatismos repetidos, de tipo tique (Fig. 15). 3. Consequentes a malformação 3.1 Mau alinhamento congénito da unha O mau