Revista de Medicina Desportiva Informa Março 2013 - Page 7

Notícias

Decreto-Lei n .º 266-A / 2012

O de 31 de dezembro define as competências , a composição e o funcionamento do Conselho Nacional do Desporto ( CND ). Felicita-se o legislador , pois ouviu e refletiu sobre os comentários que lhe fora chegando desde há ano e meio . Não fazia sentido que um órgão consultivo sobre a dinâmica desportiva incluísse agentes das mais variadas áreas , instituições e responsabilidades profissionais e deixasse de fora o ( s ) representante ( s ) da Medicina . A situação foi corrigida e a nova lei inclui o presidente da Sociedade Portuguesa de Medicina Desportiva , atualmente o Sr . Prof . Dr . João Paulo Almeida , e um representante do Colégio da Especialidade de Medicina Desportiva da Ordem dos Médicos , que será certamente o Sr . Dr . Paulo Beckert , na qualidade de Presidente do Colégio . Este Conselho será constituído por 43 representantes , o qual , de facto , inclui agora personalidades seguramente de todas as áreas com interesse no Desporto . A lei prevê três reuniões ordinárias por ano ( antes eram apenas duas ) e a constituição de uma Comissão Permanente , “ a quem compete praticar todos os atos necessários à dinamização das atividades do Conselho ”, constituída por nove personalidades . Interessante é a possibilidade da criação de “ grupos de trabalho constituídos por membros do Plenário e especialistas convidados ”, assim como o convite de personalidades para participação nas reuniões da Comissão Permanente , embora sem direito a voto , o que permitirá que outras pessoas idóneas , não pertencentes ao CND , tenham a possibilidade de contribui “ em matérias relacionadas com a política nacional para o desporto ”. A “ atividade no âmbito do Conselho não é remunerada ”, mas as “ faltas dadas pelos membros do Conselho , por motivo do exercício efetivo de funções , consideram-se justificadas ”, faltando saber se os participantes recebem a remuneração habitual atribuída pela entidade empregadora . O IPDJ , IP dará “ o apoio técnico , logístico e material necessário ao funcionamento do Conselho ”. A lei já existe , fica a faltar a apresentação de trabalho .

A
CLÍNICA
SAÚDE ATLÂNTICA
Estádio do Dragão
A Clínica Espregueira Mendes Saúde Atlântica obteve o título FIFA Medical Centre of Excellence , uma distinção atribuída pela primeira vez a uma clínica na Península Ibérica , havendo apenas 25 atribuídas a nível mundial . A cerimónia oficial da atribuição desta certificação decorreu em 19 / 02 / 2013 , na sala VIP do Dragão Caixa , após a que se seguiu uma visita à Clínica . Estiveram presentes muitas individualidades ligadas ao desporto ( dirigentes , atletas e ex-atletas ), às instituições de saúde , às Universidades do Porto e do Minho , à política , notando-se a presença de atuais e anteriores Presidentes de Câmara , e da sociedade civil em geral . O Sr . Secretário de Estado do Desporto e Juventude , Dr . Alexandre Mestre , o Sr . Presidente da Federação Portuguesa de Futebol , Dr . Fernando Gomes , o Sr . Presidente do FC Porto , o Sr . Pinto da Costa , e o Sr . Presidente da Comissão Médica da FIFA , o Dr . Michel D ’ Hooghe , discursaram e enalteceram a grandiosidade desta distinção . O Prof . Dr . João Espregueira Mendes explicou que “ a atribuição da distinção FIFA Medical Centre of Excellence foi um processo de candidatura altamente exigente . Apenas centros médicos que cumpram os mais rigorosos critérios de apreciação multidisciplinar , nas várias áreas ligadas ao desporto , podem concorrer . No sistema de seleção é considerada também a componente de investigação clínica , inovação e novas tecnologias com aplicação no desporto , as quais deverão estar documentadas com publicações internacionais . Por último , tem de reunir tudo o que a FIFA considera necessário para o tratamento de um atleta de elite : competências técnicas , pedagógicas e de investigação reconhecidas internacionalmente . Anualmente , vários centros de todo o Mundo concorrem , mas os critérios de seleção são indubitavelmente muito exigentes ”.
Igualmente importante , e porque decorre também das novas responsabilidades da clínica , referiu que “ após esta acreditação estaremos disponíveis para colaborar na disseminação dos programas FIFA nos países de expressão portuguesa , nomeadamente dos programas de prevenção de lesões ”. A clínica tem prolongamento internacional , como atestam os protocolos com médicos estrangeiros , como é o caso do Prof . Niek Van Dijk , da Holanda , que revolucionou o tratamento do tornozelo no panorama internacional . A vertente de investigação científica é determinante e documentada pelo projeto de investigação em menisco do Dr . Hélder Pereira e do Prof . Dr . Miguel Oliveira ( Diretores de Investigação Clínica ), o qual foi galardoado e reconhecido com o Prémio Jorge Mineiro e , a nível internacional , pela European Society of Sports Traumatology Knee Surgery and Arthroscopy ( ESSKA ). O Prémio BES Inovação em Tecnologias da Saúde e Biotecnologia foi atribuído a uma invenção do Prof . Dr . J . Espregueira Mendes , denominada Porto Knee Testing Device ( PKTD ).
Revista de Medicina Desportiva informa Março 2013 · 5
Notícias O Decreto-Lei n.º 266-A/2012 de 31 de dezembro define as competências, a composição e o funcionamento do Conselho Nacional do Desporto (CND). Felicita-se o legislador, pois ouviu e refletiu sobre os comentários que lhe fora chegando desde há ano e meio. Não fazia sentido que um órgão consultivo sobre a dinâmica desportiva incluísse agentes das mais variadas áreas, instituições e responsabilidades profissionais e deixasse de fora o(s) representante(s) da Medicina. A situação foi corrigida e a nova lei inclui o presidente da Sociedade Portuguesa de Medicina Desportiva, atualmente o Sr. Prof. Dr. João Paulo Almeida, e um representante do Colégio da Especialidade de Medicina Desportiva da Ordem dos Médicos, que será certamente o Sr. Dr. Paulo Beckert, na qualidade de Presidente do Colégio. Este Conselho será constituído por 43 representantes, o qual, de facto, inclui agora personalidades seguramente de todas as áreas com interesse no Desporto. A lei prevê três reuniões ordinárias por ano (antes eram apenas duas) e a constituição de uma Comissão Permanente, “a quem compete praticar todos os atos necessários à dinamização das atividades do Conselho”, constituída por nove personalidades. Interessante é a possibilidade da criação de “grupos de trabalho constituídos por membros do Plenário e especialistas convidados”, assim como o convite de personalidades para participação nas reuniões da Comissão Permanente, embora sem direito a voto, o que permitirá que outras pessoas idóneas, não pertencentes ao CND, tenham a possibilidade de contribui “em matérias relacionadas com a política nacional para o desporto”. A “atividade no âmbito do Conselho não é remunerada”, mas as “faltas dadas pelos membros do Conselho, por motivo do exercício efetivo de funções, consideram-se justificadas”, faltando saber se os participantes recebem a remuneração habitual atribuída pela entidade empregadora. O IPDJ, IP dará “o apoio técnico, logístico e material necessário ao funcionamento do Conselho”. A lei já existe, fica a faltar a apresentação de trabalho. A CLÍNICA SAÚDE ATLÂNTICA Estádio do Dragão A Clínica Espregueira Mendes Saúde Atlântica obteve o título FIFA Medical Centre of Excellence, uma distinção atribuída pela primeira vez a uma clínica na Península Ibérica, havendo apenas 25 atribuídas a nível mundial. A cerimónia oficial da atribuição desta certificação decorreu em 19/02/2013, na sala VIP do Dragão Caixa, após a que se seguiu uma visita à Clínica. Estiveram presentes muitas individualidades ligadas ao desporto (dirigentes, atletas e ex-atletas), à []ZpY\HpK0[]\YY\ܝH“Z[00]XK[\HH\[HH]XZ\H[\[ܙ\\Y[\™HX\KHHYYYH][[H\[ ܋Xܙ]0\[H\Y\ܝH][YK[^[HY\K܋\Y[HHY\pܝYY\HH]X \[Y\܋\Y[Hܝ”܋[HKH܋\Y[HHZ\pYXHHQKZX[8&HK\\\[HH[[X\[HHܘ[[YYH\H\[˂ً\YYZ\HY[\^XH]YH8'H]XZpH\[‘QHYYX[[Hو^[[HH[H\H[Y]\H[[Y[B^Y[K\[\[pYX]YH[\[HXZ\Yܛܚ]0\[™H\XXp][Y\\[\\\X\0\X\YY\[\ܝ[Bۘܜ\\[XHH[p0HۜY\YH[X[HH\ۙ[HB[\Yp0[XK[ݘpHݘ\XۛX\H\Xp\ܝ\]XZ\]\\\[Y\HXXpY\[\X[ۘZ\ˈ܈0[[[HH][\Y]YHHQHۜY\HX\\[\B][Y[H[H]]HH[]N\]0ꛘX\0XۚX\YYX\HB[\YpXۚXY\[\X[ۘ[Y[K[X[Y[K\[[™H][ۘܜ[KX\ܚ]0\[H[p[X]][Y[H]Z]^Y[\'KYX[Y[H[\ܝ[KHܜ]YHXܜH[X[H\ݘ\\ۜX[YY\H0[XKY\]H]YH8'\0\HXܙY]p\\[[\۰]Z\œ\HXܘ\H\[Z[pܘ[X\QHp\\H^\ܝYY\KYXY[Y[Hܘ[X\H][H\Y\'KH0[XH[Hۙ[Y[[\X[ۘ[ []\[H˜HpYX\[Z\[0H\ًYZ[ZH[K]YH]X[ۛH][Y[ܛޙ[[ܘ[XH[\X[ۘ[ H\[HH[\YpY[0YXH0H]\Z[[HH[YH[œڙ]H[\Yp[HY[\0[\\Z\HHًZYY[]Z\H \]ܙ\H[\Yp0[XJK]X[H[\YHXۚXYH[Z[ܙBZ[Z\KH][[\X[ۘ[ [H]\X[Y]Hقܝ][X]HۙYH\\H[\H TJK[Z[T[ݘp[BXۛX\HpHH[XۛXHH]XpYH[XB[[ً\YYZ\HY[\[Z[YHܝۙYH\[]XB K]\HHYYX[H\ܝ]H[ܛXHX\ L0 B