Revista de Medicina Desportiva Informa Março 2012 - Page 18

Tema 3 Rev. Medicina Desportiva informa, 2012, 3 (2), pp. 17–21 Porque é o atleta é mais suscetível? O exemplo da rinite do nadador! Rinite do atleta: do diagnóstico ao tratamento em 6 questões! Durante a prática desportiva é frequente a ocorrência de sintomas nasais. Apesar da ativação do sistema nervoso simpático induzir, pela vasoconstrição dos sinusoides do nariz, uma melhoria da eficiência respiratória nasal, os atletas durante a prática desportiva estão sujeitos a diferentes fatores de risco que os tornam mais suscetíveis a sintomas respiratórios induzidos pelo exercício2. Na prática de desporto no exterior, com o aumento da ventilação e da frequência respiratória durante a atividade física, é maior a exposição a aeroalergénios e a componentes irritativos da poluição atmosférica1-3. Nos nadadores deverá ser também considerada a inalação de substâncias irritativas derivadas do cloro3. O atleta desloca-se frequentemente para a prática de provas desportivas, nomeadamente ao mais alto nível desportivo, como os Jogos Olímpicos3, sendo rapidamente submetido a mudança súbita de ambiente, com contacto com diferentes alergénios e diferentes níveis de poluição ambiental. Esta problemática foi amplamente discutida nos jogos Olímpicos de Pequim4, onde se verificou a necessidade de controlar a elevada concentração de poluição atmosférica de forma a permitir prática desportiva segura. Metade dos nossos atletas tinha queixas de rinite! O atleta também está sujeito a diferentes estímulos físicos, como os ambiente