Revista de Medicina Desportiva Informa Julho 2019 - Page 30

Rev. Medicina Desportiva informa, 2019; 10(4):28-31. https://doi.org/10.23911/T_lesao_piscina_2019_7 Lesões por sistemas de sucção em piscinas Dr.ª Joana Pinheiro Torres 1 , Dr. Diogo Lino Moura 2 1 Médica Interna de Medicina Geral e Familiar, USF Pulsar, Centro de Saúde Norton de Matos, Coimbra; 2 Docente da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra; Assistente Hospitalar de Ortopedia do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra. RESUMO / ABSTRACT As piscinas são atualmente um local popular de lazer, de prática desportiva e de exercício físico frequentadas assiduamente por adultos e crianças. Face ao prevalente e crescente uso de piscinas, tanto particulares como comuns ou públicas, é importante estar alerta do conjunto de lesões associadas às mesmas, que podem ir desde afogamentos a lesões trau- máticas de ligeiras a graves. As lesões provocadas pelos sistemas de filtragem da água da piscina, nomeadamente por mecanismo de sucção, são raras e têm características únicas que as podem tornar potencialmente graves e mesmo fatais. O presente artigo inclui uma revisão da literatura científica relativamente às lesões provocadas por sistemas de sucção das piscinas, realçando os mecanismos de lesão, caracterização dos tipos de lesões e os seus métodos de prevenção. Currently, swimming pools are a popular chosen place for recreation, sports practice and physi- cal exercise assiduously frequented by both adults and children. Facing the prevalent and crescent use of particular, shared or public swimming pools, it is important to be alert of the set of injuries associated to them, which can go from drowning to mild or severe traumatic injuries. The injuries originated by the pool water filtration systems, particularly by suction mechanism, are rare and have unique characteristics which can turn them into potentially severe and even fatal. The present paper performs a scientific literature review about suction injuries at swimming pools, highlighting injury mechanisms, detailing the types of lesions and its prevention methods. PALAVRAS-CHAVE / KEYWORDS Sucção, aspiração, vácuo, acidente, afogamento, síndrome compartimental Suction, aspiration, vacuum, accident, drowning, compartment syndrome Definição As piscinas são atualmente um local popular de lazer, de prática despor- tiva e de exercício físico frequan- tadas assiduamente por adultos e crianças, sobretudo durante o Verão. Face ao elevado e crescente uso de piscinas, tanto particulares como comuns ou públicas, é importante estar alerta do conjunto de lesões associadas às mesmas. O presente artigo procura fazer uma revisão relativamente às lesões provocadas por sistemas de sucção das piscinas, definidos como sistemas automáti- cos aspirativos de drenagem de água localizados nas paredes ou no fundo da piscina, com dimensões variáveis, os quais podem estar associados a uma variedade de lesões, desde ligeiras equimoses a afogamentos e outras condições potencialmente fatais. Os casos reportados deste tipo de lesões são raros e estão frequentemente associados a falhas nos mecanismos de proteção destes 28 julho 2019 www.revdesportiva.pt sistemas de drenagem das pisci- nas. 1-3 Desta maneira, o objetivo deste texto é não só de caracterizar os tipos de lesões associadas a estes sistemas aspirativos, mas também de reforçar e alertar para o funda- mental papel da sua correta prote- ção de forma a evitar lesões. Lesões associadas a sistemas de sucção em piscinas As lesões provocadas por sistemas de sucção em piscinas são raras e têm características únicas que as podem tornar potencialmente fatais. São mais comuns em crianças com idade inferior a 8 anos, sendo também este o grupo etário em que as lesões são mais graves. Além da curiosidade maior das crianças em explorar os orifícios de drenagem das piscinas, a menor dimensão dos seus membros superiores e inferio- res faz com que estes fiquem mais facilmente presos aos aparelhos de sucção. 1,2 Foi referido que as lesões por sucção em piscinas têm tido incidência crescente, o que se pode provavelmente dever ao aumento do seu uso como forma de lazer, a medidas de segurança inadequadas e/ou a falta de supervisão técnica adequada. A falta de padronização global e de carácter obrigatório nas medidas de segurança nas piscinas, bem como a sua vulgarização tanto a nível público como particular e a frequente ausência de vigilância, podem também estar relacionados com o aumento da incidência destas lesões. Foi também sugerido que as forças de aspiração de algumas pis- cinas são bastante elevadas de modo a produzirem, por exemplo, ondas artificiais, o que aumentaria o risco lesional. 3-6 Além disso, considera-se que as lesões por sistemas de sucção nas piscinas são subreportadas. Segundo os registos da Consumer Pro- ducts Safety Commission, nos Estados Unidos da América, desde 1990 a 2003, foram registados 126 casos em que partes corporais ficaram presas no dreno de aspiração de piscinas. Deste total, resultaram 25 mortes, 11 das quais por sucção do cabelo e 14 por outra parte do corpo. Estes dados demonstram a raridade e ao mesmo tempo a gravidade potencial destas lesões. 7 Os sistemas de circulação neces- sários para filtragem da água são componentes integrantes das piscinas, estando o orifício de drenagem da água habitualmente protegido com uma cobertura ou tampa. Se por algum motivo esta cobertura está ausente ou é ineficaz na proteção do orifício aspirativo, a sua poderosa força de sucção torna-o potencialmente perigoso. O banhista fica mais frequentemente preso ao dreno pelo cabelo após a sua aspiração para o orifício de drenagem (Figura 1A). Neste caso não se forma efeito vácuo, mas o indivíduo fica preso pelos cabelos ao orifício de sucção, o que pode determinar afogamento. Pode também ficar preso pelo fato de banho ou por qualquer acessório, nomeadamente brincos, colares, pulseiras, piercings ou outros. Por sua vez, quando há contacto direto do orifício aspirativo com uma área do corpo ocorre a formação de uma selagem no sistema de sucção e de