Revista de Medicina Desportiva Informa Janeiro 2020 - Page 10

É ibuprofeno. Eficaz na dor local e inflamação. Dupla ação no local da dor • Reduz a inflamação • Alivia a dor exposição solar, aliada a ingestão de vitamina D, e ainda diminuir o consumo de álcool e de sódio. Assim, citando o ilustre Doutor Emílio Peres em “A propósito de… Alimentação rica em cálcio”, “restaure-se o hábito de fazer aletrias, arroz-doce, leite- -creme, pudim de leite, maizena e tapioca. Excelentes alternativas para merendas, ainda por cima com a vantagem de engordarem muito menos do que bolos secos, bolachas e pastelaria de compra, e muito mais ricas em cálcio.” A nutrição pode ter um impacto enorme na prevenção da osteoporose, tudo se guia pelas boas escolhas alimentares. Bibliografia ib-u-ron® gel mentol contém 50 mg/g de ibuprofeno em gel e está indicado em uso cutâneo em adultos e crianças com mais de 12 anos, no alívio local da dor e inflamação ligeira, após situações pós-traumáticas, pequenas contusões, distensões, torcicolo ou outras contraturas, dor nas costas (lombalgia) e entorses ligeiras. Está contraindicado em doentes com queimadura solar na área afetada e na hipersensibilidade ao ibuprofeno ou a qualquer outro componente, ou história de reações alérgicas (rinite, dificuldade em respirar ou asma, urticária, comichão ou outras afeções) causadas pelo ácido acetilsalicílico ou outros anti-inflamatórios não esteroides. É necessária precaução em feridas abertas, mucosas ou pele eczematosa, evitar o contacto com os olhos e a exposição solar, não utilizar pensos oclusivos, não aplicar em áreas extensas e não aplicar simultaneamente com outras preparações tópicas na mesma área. Se os sintomas persistirem por mais de 7 dias deve consultar o seu médico. Medicamento não sujeito a receita médica. Leia atentamente o folheto informativo e em caso de dúvida ou persistência dos sintomas, consulte o seu médico ou farmacêutico. Referências bibliográficas: Resumo das Características do Medicamento ib-u-ron gel mentol, julho de 2018. Bene farmacêutica, Lda. Av. D. João II, Ed. Atlantis, Nº44 C 1º • 1990-095 Lisboa Tel: 211 914 455 • Fax: 210 967 419 • Número Único de Pessoa Coletiva e Cons. Reg. Com. de Lisboa: 508735696 • Capital Social: 500.000 Euros www.benefarmaceutica.pt IBG-1219-185-AN 8 janeiro 2020 www.revdesportiva.pt 1. Weaver, C.M., Calcium bioavailability and its relation to osteoporosis. Proc Soc Exp Biol Med, 1992; 200(2):157-60. 2. Fardellone, P., et al., Osteoporosis: Is milk a kindness or a curse? Joint Bone Spine, 2017; 84(3):275-281. 3. de Lamas, C., et al., Effects of Dairy Product Consumption on Height and Bone Mineral Content in Children: A Systematic Review of Controlled Trials. Adv Nutr, 2019; 10(suppl_2):S88-s96. 4. Malmir, H., B. Larijani, and A. Esmaillzadeh, Consumption of milk and dairy products and risk of osteoporosis and hip fracture: a systematic review and Meta-analysis. Crit Rev Food Sci Nutr, 2019;1-16. 5. Ong, A.M., et al., Fermented Milk Products and Bone Health in Postmenopausal Women: A Systematic Review of Randomized Controlled Trials, Prospective Cohorts, and Case-Control Studies. Adv Nutr, 2019. 6. Lips, P. and N.M. van Schoor, The effect of vita- min D on bone and osteoporosis. Best Pract Res Clin Endocrinol Metab, 2011; 25(4):585-91. 7. Groenendijk, I., et al., High Versus low Dietary Protein Intake and Bone Health in Older Adults: a Systematic Review and Meta-Analysis. Com- put Struct Biotechnol J, 2019; 17:1101-1112. Health Tips: Boosting Bone Health 1 Daniel Roberts, M.D. Medical Editor, Mayo Clinic Health Letter · Consumo de cálcio – a dose recomendada de ingestão diária de cálcio para as mulheres com mais de 51 anos de idade é 1,2g; para os homens entre 51 e 70 anos a dose é de 1g. Apesar da obtenção do cálcio a partir da comida ser o melhor, pode ser usado um suplemento de cálcio se houver insuficiente aporte diário pela dieta. · Obter vitamina D em quanti- dade adequada – é necessária para a absorção do cálcio. A dose recomendada para o adulto com menos de 71 anos de idade é 600UI; com mais de 71 anos, a recomendação é de 800UI. Apesar do Sol contribuir para a produção de vitamina D pelo corpo, a suplementação garante a vitamina necessária. · Caminhar e exercício físico – 30 minutos por dia ou quase diaria- mente de exercício que envolva o suporte do peso do corpo pelo esqueleto, ou o uso de pesos ou de outo tipo de resistência, ajuda a manter a densidade óssea. Caminhar é uma boa opção, pois é simples, não tem custo, é de fácil realização, é agradável e pode ser efetuada em qualquer lugar. · Deixar de fumar e consumir álcool em moderação, pois o tabaco e o álcool contribuem para a perda óssea. · Tratar a osteoporose – a avalia- ção da densidade óssea pode ajudar à prescrição dos medica- mentos. 1. Tradução integral – BR