Revista de Medicina Desportiva Informa Janeiro 2019 - Page 11

Figura 7 – Desequilíbrio oclusal e mau posicionamento dentário músculos elevadores da mandíbula (masseter, temporal, pterigoideus), possibilitando o aparecimento de contraturas nestes músculos, e não só, e dor difusa na face. Por outro lado, esta enorme atividade mus- cular faz com que o sono não seja repousante e a pessoa, para além de não descansar, acorda exausta. E a questão das goteiras? Figura 8 – Posicionamento típico da man- díbula e existência de facetas de desgaste As goteiras noturnas miorelaxantes além de melhorarem a relação crâ- neomandibular, permitem a redu- ção das forças aplicadas durante o bruxismo, induzindo o relaxamento do sistema muscular crâneocervi- cal. Por outro lado, ao não existir contacto dentário direto, evita-se o desgaste e, consequentemente, o aparecimento das facetas de des- gaste. Quando se parte um dente durante um evento desportivo, o que se deve fazer de imediato? Figura 9 – Adesão do fragmento fraturado com material restaurador atlanto-occipital, que resulta em desequilíbrios posturais, podendo levar a alteração da locomoção. Em pessoas normais pouco ou nada se nota, mas em atletas de alta com- petição estas pequenas alterações podem provocar sobrecargas em cadeias musculares com toda a repercussão em termos de lesões. … o bruxismo pode perturbar o sono e o repouso noturno… E muito! O comummente “ranger dos dentes”, designado por bruxismo, é um fenómeno inconsciente, predo- minantemente noturno. Existem dois tipos: o cêntrico e o excêntrico. No primeiro, não existe movimento mandibular, só um aper- tar dos dentes com enorme força. No segundo, já existe um movimento, traduzido por projeção e laterali- dades da mandíbula, provocando a destruição da estrutura dentária (facetas de desgaste) (Figura 8). Os dois tipos de bruxismo vão provocar aumento da atividade dos Se possível, deve-se procurar o ou os fragmentos dentários e guardá-los em leite ou em saliva do acidentado. Ao mesmo tempo, proceder à lim- peza da ferida e perceber se é neces- sário suturar as mucosas ou lábios. Quer dizer que a visita ao dentista é urgente?... Um relvado em casa? Já imaginou este espetacular relvado sintético em sua casa? Precisa de argumentos para se render à ideia? Para que não haja hesitação nós apresentamos-lhe alguns: • muito semelhante ao relvado A visita deve ser imediata para se avaliar a extensão da lesão dentária e assim definir o plano de tratamento correto. Pode ser necessário proceder à endodontia do dente caso a fratura atinja a polpa. natural Há muitos jogadores com desalinhamento dentário. No contexto de atleta, deve ser tratado? seu e sinta-se a viver em plena O fundamental é analisar os contac- tos e guias oclusais. Num movimento de lateralidade somente deve existir contacto dos caninos e num movi- mento de protrusão somente deve existir contacto dos incisivos supe- riores com os incisivos inferiores. Caso estas premissas de boa articulação não existam, o reposicio- namento dentário deve ser indicado para evitar problemas dentários, arti- culares, musculares ou tendinosos. • fácil e económica manutenção • grande durabilidade Convencido? Encomende já o harmonia com a natureza! Tel./Fax: 256 575 608 | Tlm: 969 056 408 www.etsport.com Revista de Medicina Desportiva informa janeiro 2019 · 9