Revista de Medicina Desportiva Informa Janeiro 2012 - Page 8

Caso clínico

Rev . Medicina Desportiva informa , 2012 , 3 ( 1 ), pp . 6 – 7

Avulsão da tuberosidade anterior da tíbia no atleta jovem

Dr . Norberto Silva , Dr . André Sarmento , Dr . Rui Rocha , Dr . Pedro Lourenço , Dr . Carlos Granadeiro Serviço de Ortopedia e Traumatologia CH Vila Nova e Gaia / Espinho EPE
RESUMO ABSTRACT
As fracturas avulsivas da tuberosidade anterior da tíbia são raras . Até 1990 apenas foram descritas cerca de 150 . A quase totalidade destas lesões ocorre em adolescentes do sexo masculino , durante actividades desportivas . Watson-Jones discutiu-as com algum detalhe . Desde cedo surgiu o receio de poderem levar a complicações tardias como encerramento precoce da fise e alterações degenerativas secundárias do joelho . Existe uma predominância pelo lado não dominante ainda por explicar . É tema de debate que a doença de Osgood-Schlater possa predispor para este tipo de lesão . Trata-se de uma patologia com resultados clinicos excelentes desde que se consiga uma boa redução da fractura .
Fracture-avulsions of the anterior tibial tuberosity are a rare finding . Until 1990 , only around 150 cases were reported . Almost all of these lesions occur on male teenagers during athletic activities . Watson-Jones studied and discussed this pathology in some detail . It occurs predominantly on the non-dominant side . It ’ s argued that Osgood-Schlater disease may be a predisponing injury . Excelent results are expected as long as an anatomic reduction is achieved .
PALAVRAS-CHAVE KEYWORDS
Tuberosidade anterior da tíbia ; Avulsão ; Atleta jovem . Anterior Tibial Tuberosity ; Avulsion ; Young athlete .
Introdução
A fractura avulsiva da tuberosidade anterior da tíbia ( TAT ) é uma entidade nosológica rara , tendo sido , até 1990 descritas apenas cerca de 1505 . Watson-Jones estudou-a e discutiu-a com algum detalhe , tendo , inclusive , proposto um sistema de classificação ( 1955 ) 5 , posteriormente melhorado por Ogden 18 .
A quase totalidade destas lesões ocorre em adolescentes , do sexo
2 , 6 , 7 , 11 , 12 , 14 , 15 , 17 , 19 masculino ( ≈98 %) durante actividades desportivas que envolvem salto , principalmente durante a fase de carga excêntrica no apoio 4 , 9 , 13 . A avulsão da TAT ocorre quando a tracção do ligamento patelar excede a capacidade de resistência combinada da fise , anel pericondral e periósseo adjacente . Existem 2 mecanismos de lesão : contracção violenta do quadricípete contra uma tíbia imóvel ou flexão passiva do joelho contra um quadricípete contraído .
Clinicamente , estes doentes apresentam-se habitualmente com um quadro de dor , derrame articular do joelho e impotência funcional
acentuada . A capacidade de extensão está geralmente abolida , excepto nas fracturas tipo IA . O diagnóstico é confirmado radiograficamente .
Figura 1 . Classificação de Watson-Jones
Fig 2 : Classificação de Ogden
Esta patologia deve ser diferenciada da frequente doença de Osgood-Schlatter . Esta é uma lesão crónica da porção anterior da TAT sem envolvimento da fise8 , cuja base anatomo-fisio-patológica não está bem esclarecida e é tema de discussão . A apresentação clínica é também diferente : agravamento gradual de queixas álgicas bem localizadas , típicas de patologia de sobre-uso . Existe algum debate acerca da possibilidade da doença de Osgood-Schlatter poder predispor para a fractura avulsiva da TAT 1 ..
Material e Métodos
Os autores descrevem o caso de um adolescente de 14 anos que se apresentou no SU do Centro Hospitalar e Vila Nova de Gaia / E spinho [ CHVNG / E EPE ] na sequência de acidente desportivo durante a prática de Basquetebol .
Segundo informação do paciente , terá apoiado mal o pé esquerdo ao tocar o solo após um salto , sentindo uma dor intensa e súbita no joelho que provocou a sua queda imediata .
À entrada no SU apresentava derrame articular do joelho esquerdo , dor bem localizada e incapacidade para a marcha e para a extensão activa do joelho .
Após estudo radiográfico com incidências de face e perfil do joelho diagnosticou-se fractura avulsiva da TAT tipo 2B , segundo a classificação de Ogden .
O paciente foi submetido a redução aberta e osteossíntese no mesmo dia , conseguindo-se uma redução adequada . Foi utilizada uma via de abordagem para-patelar externa e na osteossíntese foi usado um parafuso de esponjosa 3,5 mm . Após cirurgia para redução cruenta e osteossíntese com um parafuso , o paciente ficou imobilizado com tala gessada posterior durante 4 semanas , a que se seguiu programa de reabilitação orientado por Especialista de Fisiartria do CHVNG / E EPE .
6 · Janeiro 2012 www . revdesportiva . pt
Caso clínico Rev. Medicina Desportiva informa, 2012, 3 (1), pp. 6–7 Avulsão da tuberosidade anterior da tíbia no atleta jovem Dr. Norberto Silva, Dr. André Sarmento, Dr. Rui Rocha, Dr. Pedro Lourenço, Dr. Carlos Granadeiro Serviço de Ortopedia e Traumatologia CH Vila Nova e Gaia / Espinho EPE RESUMO ABSTRACT As fracturas avulsivas da tuberosidade anterior da tíbia são raras. Até 1990 apenas foram descritas cerca de 150. A quase totalidade destas lesões ocorre em adolescentes do sexo masculino, durante actividades desportivas. Watson-Jones discutiu-as com algum detalhe. Desde cedo surgiu o receio de poderem levar a complicações tardias como encerramento precoce da fise e alterações degenerativas secundárias do joelho. Existe uma predominância pelo lado não dominante ainda por explicar. É tema de debate que a doença de Osgood-Schlater possa predispor para este tipo de lesão. Trata-se de uma patologia com resultados clinicos excelentes desde que se consiga uma boa redução da fractura. Fracture-avulsions of the anterior tibial tuberosity are a rare finding. Until 1990, only around 150 cases were reported. Almost all of these lesions occur on male teenagers during athletic activities. Watson-Jones studied and discussed this pathology in some detail. It occurs predominantly on the non-dominant side. It’s argued that Osgood-Schlater disease may be a predisponing injury. Excelent results are expected as long as an anatomic reduction is achieved. PALAVRAS-CHAVE KEYWORDS Tuberosidade anterior da tíbia; Avulsão; Atleta jovem. Anterior Tibial Tuberosity; Avulsion; Young athlete. Introdução A fractura avulsiva da tuberosidade anterior da tíbia (TAT) é uma entidade nosológica rara, tendo sido, até 1990 descritas apenas cerca de 1505. Watson-Jones estudou-a e discutiu-a com algum detalhe, tendo, inclusive, proposto um sistema de classificação (1955)5, posteriormente melhorado por Ogden18. A quase totalidade destas lesões ocorre em adolescentes, do sexo masculino (≈98%) 2,6,7,11,12,14,15,17,19 durante actividades desportivas que envolvem salto, principalmente durante a fase de carga excêntrica no apoio4,9,13. A avulsão da TAT ocorre quando a tracção do ligamento patelar excede a capacidade de resistência combinada da fise, anel pericondral e periósseo adjacente. Existem 2 mecanismos de lesão: contracção violenta do quadricípete contra uma tíbia imóvel ou flexão passiva do joelho contra um quadricípete contraído. Clinicamente, estes doentes apresentam-se habitualmente com um quadro de dor, derrame articular do joelho e impotência funcional 6 · Janeiro 2012 www.revdesportiva.pt acentuada. A capacidade de extensão está geralmente abolida, excepto nas fracturas tipo IA. O diagnóstico é confirmado radiograficamente. Figura 1. Classificação de Watson-Jones Fig 2: Classificação de Ogden Esta patologia deve ser diferenciada da frequente doença de Osgood-Schlatter. Esta é uma lesão crónica da porção anterior da TAT sem envolvimento da fise8, cuja base anatomo-fisio-patológica não está bem esclarecida e é tema de discussão. A apresentação clínica é também diferente: agravamento gradual de queixas álgicas bem localizadas, típicas de patologia de sobre-uso. Existe algum debate acerca da possibilidade da doença de Osgood-Schlatter poder predispor para a fractura avulsiva da TAT1.. Material e Métodos Os autores descrevem o caso de um adolescente de 14 anos que se apresentou no SU do Centro Hospitalar e Vila Nova de Gaia/E spinho [CHVNG/E EPE] na sequência de acidente desportivo durante a prática de Basquetebol. Segundo informação do paciente, terá apoiado mal o pé esquerdo ao tocar o solo após um salto, sentindo uma dor intensa e súbita no joelho que provocou a sua queda imediata. À entrada no SU apresentava derrame articular do joelho esquerdo, dor bem lo 酑)ɄɍɄѕ)ѥل)́ՑɅ)́)ə)ѥԵ͔ɅɄձͥل)QPѥ(͕չ)ͥ)=)<є)Չѥ)ɕ)фѕѕ͔͵)͕ե͔յɕ)Յѥ酑յ٥)ɑɄѕȁѕɹ)ѕѕ͔ͅմ)Ʌͼ̰̈́ԁ)́ɝɄɕ)Օфѕѕ͔մ)Ʌͼєԁ酑хͅѕɥ)ɅєЁ͕̰Ք͔͕ե)ɽɅɕчɥх)ȁфͥɥ) !Y9A((0