Revista Crea-SP | nº 11 - Page 2

M E N S AG E M AO S L E I TO R E S Expediente Superintendente de Comunicação e Eventos Gustavo Bertoni Rodrigues Gerente de Comunicação e Eventos André Alfi eri Editor Perácio de Melo (MTb 25.293) Jornalistas Responsáveis Perácio de Melo (MTb 25.293) e Guilherme Monteiro (MTb 14.807) Arte Gustavo Leutwiler Fernandez e Susan Pereira Siqueira Colaboração Estagiários Carina Freires Yazbek, Cláudio Porto, Daylson Luiz e Guilherme Almeida Redação: Av. Brigadeiro Faria Lima, 1.059 – 10º andar – Pinheiros – 01452-920 – São Paulo – SP Contato: (11) 3095.6458 Sugestões podem ser enviadas para revista@creasp.org.br Os ar gos assinados são de total responsabilidade de seus autores e não expressam necessariamente a opinião da administração do Crea- SP. A Revista Interna Crea-SP é uma publicação ofi cial do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado de São Paulo, enviada aos seus funcionários. ATENDIMENTO AO PÚBLICO: 0800-17-18-11 www.creasp.org.br Imagens: Freepik Receita de Ano Novo Para você ganhar belíssimo Ano Novo cor do arco-íris, ou da cor da sua paz, Ano Novo sem comparação com todo o tempo já vivido (mal vivido talvez ou sem sen do) para você ganhar um ano não apenas pintado de novo, remendado às carreiras, mas novo nas semen nhas do vir-a-ser; novo até no coração das coisas menos percebidas (a começar pelo seu interior) novo, espontâneo, que de tão perfeito nem se nota, mas com ele se come, se passeia, se ama, se compreende, se trabalha, você não precisa beber champanha ou qualquer outra birita, não precisa expedir nem receber mensagens (planta recebe mensagens? passa telegramas?) Não precisa fazer lista de boas intenções para arquivá-las na gaveta. Não precisa chorar arrependido pelas besteiras consumadas nem parvamente acreditar que por decreto de esperança a par r de janeiro as coisas mudem e seja tudo claridade, recompensa, jus ça entre os homens e as nações, liberdade com cheiro e gosto de pão ma nal, direitos respeitados, começando pelo direito augusto de viver. Para ganhar um Ano Novo que mereça este nome, você, meu caro, tem de merecê-lo, tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil, mas tente, experimente, consciente. É dentro de você que o Ano Novo cochila e espera desde sempre. Carlos Drummond de Andrade, “Receita de Ano Novo”. Sumário 4 8 10 14 16 20 21 22 24 26 28 30 Aniversariantes/Tempo de casa História Perfi l Talento Família Carreira Casa Finanças Cultura Dicas de Leitura Saúde Feriados/Pontes