Projeto Cápsula Dentro do Bosque | Ryūnosuke Akutagawa - Page 11

aquele bandido, aquele… aquele Tajōmaru! Não só o meu genro, mas a minha filha… (Aqui a velha senho- ra entrou em colapso e não pode prosseguir). A Confissão de Tajōmaru Certo, eu matei o homem. Mas não matei a mulher. Então, para onde ela foi? Sei tanto quanto vocês. Veja bem, espere um pouco… Podem me tortu- rar o quanto quiser, mas eu não tenho como lhes dizer o que eu não sei. E, além do mais, agora que me capturaram, eu não vou esconder nada, não sou um covarde. Eu encontrei o casal ontem, um pouco antes do meio-dia. No instante em que os avistei, uma rajada de vento levantou o véu dela e pude ver seu rosto de relance. Só uma olhadela: talvez por isso tenha me parecido tão perfeita, linda e iluminada como uma verdadeira Boddhisatva. E foi naquele momento que decidi que a teria de qualquer jeito, mesmo que tivesse de matar o homem. 6/19