Plano de Ação 2020 PA2020 - Page 11

Com base nesta matriz de atuação que está a orientar a avaliação do impacto da Instituição no reporte das suas atividades, para o ano de 2020, a Cáritas Diocesana de Coimbra identificou 4 linhas prioritárias para a sua intervenção sistémica: Figura 2 . Linhas Estratégicas 2020 1. Repensar modelos de intervenção Criar espaços de participação e interação entre equipas, colaboradores e os diferentes atores de cada área, com o objetivo de fomentar o intra e inter-conhecimento, bem como a autorreflexão sobre as práticas, com o intuito de repensar a intervenção. O propósito desta ação deve ser a criação ou alteração das respostas para modelos mais inovadores e sustentáveis, baseados em abordagens alternativas aos modelos tradicionais, centrados na Pessoa a quem se destinam e com o foco de partida na Comunidade. 2. Capacitar colaboradores e stakeholders Capacitar, formar e aumentar as competências de toda a cadeia de valor, visando o aumento da colaboração, da produtividade e da qualidade dos serviços prestados. 3. Reforçar a estratégia de sustentabilidade organizacional Definir e implementar uma estratégia de sustentabilidade da Instituição, definindo áreas prioritárias, identificando indicadores e metas que criem impacto organizacional e societário, apoiadas numa análise de risco na cadeia de valor. 4. Implementar medidas de desenvolvimento sustentável Partindo dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), envidar mais esforços no âmbito da sustentabilidade ambiental, nomeadamente no aumento da eficiência energética, na correta e adequada utilização dos recursos existentes. Nas páginas seguintes, apresenta-se cada uma destas áreas com algum detalhe suplementar e ações prioritárias já definidas para cada uma das linhas estratégicas: 9