Newsletter Setembro 2019 Boletim Informativo Eletrónico - Setembro 2019 - F - Page 3

A nova Comissão Europeia (Comissão) pretende refletir as prioridades e as ambições que haviam sido anunciadas nas orientações políticas. É estruturada em torno dos objetivos que nortearam a eleição de Ursula von der Leyen pelo Parlamento Europeu. No cerne dos esforços da Comissão está a necessidade de fazer face às alterações climáticas, tecnológicas e demográficas que têm vindo a transformar as sociedades e modos de vida. Algumas das potências já existentes optaram por enveredar por novos caminhos isoladamente. Novas potências têm vindo a emergir ou a consolidar-se. Este facto tem causado algum desconforto e mesmo ansiedade em muitas populações por toda a Europa. Cabe à UE liderar a transição para um planeta saudável e para um novo mundo digital, mas só o poderá fazer se conseguir unir as pessoas e adaptar a nossa peculiar economia social de mercado às ambições do mundo atual. Ao iniciar o seu percurso, a Comissão Europeia deve tirar o máximo partido dos seus pontos fortes, talento e potencial. Deve privilegiar a igualdade e a criação de oportunidades para todos: homens ou mulheres, do Leste ou do Oeste, do Norte ou do Sul, jovens ou idosos… Deve defender os nossos valores comuns e assegurar o respeito do Estado de Direito. Nos próximos cinco anos as instituições europeias terão de trabalhar em cooperação muito estreita para dissipar os receios existentes e criar novas oportunidades. Ver mais     5 cenários sobre o Futuro da Europa O vídeo abaixo identificado foi produzido pelo CIED Minho, em parceria com a Escola de Design do IPCA e, visa incentivar os cidadãos a refletir sobre o Futuro da Europa. Assiste ao vídeo!   Cenário 2 Restringir ao Mercado Único   3