My WAY my_way - Page 8

DAS Todos estão carecas de saber que os homens ganham mais que as mulheres nas mais variadas profissões e dominam os cargos no mercado de trabalho. O que – quase – ninguém sabe é que as modelos femininas ganham até três vezes mais que os modelos masculinos. Nem mesmo na profissão que lançou as mulheres, elas levam vantagem. Uma professora de ensino pré-escolar recebe em média R$ 1.914 por mês, enquanto um professor da mesma categoria lucra R$ 2.584, uma diferença de quase 700 08 | POR REDAÇÃO reais, segundo dados CAGED 1 . A mesma pesquisa aponta que no mundo da moda, a situação é inversa: o cachê base de uma modelo é de R$1.857, enquanto o do sexo oposto gira em torno de R$1.200. A desproporção salarial entre os sexos se agrava em desfavor das assalariadas quando são analisados os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (PNAD). Segundo a pesquisa, o rendimento médio mensal de homens com 15 anos ou mais foi de R$ 2.058 enquanto as mulheres faturaram R$ 1.567. O q u e s i g n i fi c a q u e e l a s receberam 76,1% do rendimento dos homens em 2015. De acordo com o professor Edson Brito, coordenador do curso de Ciências Econômicas da FMU, essa desigualdade gera impacto na economia nacional e atrasa o aumento do salário mínimo. “Ocorre uma redução na renda per capita do país. Como as mulheres são maioria e estão recebendo remuneração menor, há uma tendência de redução da média salarial”.