MundoH54 - Page 4

MOÇAMBIQUE

“ 1000 dias ”, a visão de Milton da Costa .

O projeto 1000 Dias de boa alimentação ( https :// www . helpo . pt / pt / 1000-dias-de-boa-alimentacao-melhoria-do-estado- -nutricional-das-criancas-e-gravidas-do-distrito-da-ilha-de-mocambique ) tem como objetivo específico melhorar o estado nutricional das grávidas , lactantes e crianças durante os primeiros 1000 dias de vida , através da produção dos alimentos locais e da sua disponibilidade anual , utilizando técnicas de conservação , transformação e armazenamento , com medidas de combate à pandemia COVID-19 . É um projeto de 2 anos , implementado pela Helpo e pela ONG Vida , em parceria com os Serviços Distritais da Saúde , Mulher e Ação Social do Distrito da Ilha de Moçambique ( SDSMAS ), com a Direção Provincial da Agricultura e Pescas – Nampula ( DPAS ) e com a Universidade Lúrio , financiado pelo Camões , I . P ., Helpo e VIDA . Entrevistámos Milton da Costa , Coordenador do Projeto , para que nos dê a sua visão sobre o mesmo .
Helpo ( H ): Por que escolheste esta profissão ? Milton ( M ): Desde pequeno , tinha o sonho de me formar em ciências médicas . O que mais me motivou foram as doenças crónicas não transmissíveis , de que o meu falecido pai padecia , a hipertensão arterial e a diabetes mellitus , doenças nas quais a nutrição exerce um papel fundamental no controlo destas patologias , evitando complicações médicas .
H .: Para ti , qual a importância de ser nutricionista em Moçambique ? M .: Ser nutricionista em Moçambique é extremamente importante , pois existem vários problemas de Saúde relacionados com a nutrição , com especial atenção à desnutrição nas suas diferentes formas e , ao mesmo tempo , é notório o aumento de casos de subnutrição , que estão associados a várias doenças crónicas não transmissíveis .
H .: 1000 Dias de Boa Alimentação - De mãos dadas entre a agricultura e a nutrição , pelas grávidas e crianças do distrito da Ilha de Moçambique . Qual a importância destas duas áreas trabalharem “ de mãos dadas ”? M .: Torna-se importante seguir de mãos dadas entre a agricultura e a nutrição , pois as causas da desnutrição são complexas . Sendo assim , as intervenções também devem ter enfoque multissetorial na resolução dos fatores de risco , através da implementação de ações coordenadas . Para que as recomendações alimentares , feitas pelos profissionais de saúde , sejam práticas ,