MundoH54 - Page 29

�9 tos telefónicos , fomos ao encontro das famílias que muito agradeceram o facto de a Helpo não os esquecer . Além do material escolar , roupa e as tão necessárias mantas , para fazer face às noites frias , alguns meninos finalmente tiveram acesso ao uniforme escolar , normalmente obrigatório nas escolas secundárias . Perante esta situação de calamidade , a obrigatoriedade passou a ser perdoada aos alunos deslocados . Só que esse perdão fazia com que os meninos já fragilizados , devido ao que passaram , fossem visivelmente marginalizados na escola , por não usarem uniforme que tão orgulhosamente ostentam como símbolo de conquista . Chegar ao Ensino Secundário no norte de Moçambique ainda é considerado uma vitória e um orgulho para a família . Além das crianças apadrinhadas da comunidade de Chinda , a Helpo também apoiava mais de uma centena de jovens na Escola Secundária Januário Pedro , sendo que perdemos o rasto a muitos deles , precisamente por não serem originários de Chinda . Vamos sabendo boas notícias de alguns , pois os colegas sabem dizer para que zona se deslocaram . Se a maior parte destas crianças de Chinda ficaram na Província de Cabo Delgado , outras houve que rumaram mais a sul , atravessando o Rio Lúrio e entrando na província mais populosa de Moçambique , Nampula . As crianças das Escolas Primárias já foram todas reintegradas .
As da Escola Secundária ainda não foram todas , mas estamos no processo de tentar encontrar soluções , que permitam continuar a conjugar o verbo estudar , mesmo depois desta enorme situação catastrófica ! Cabo Delgado tem uma população estimada de cerca de dois milhões e seiscentos mil habitantes , segundo o último Censo . Os dados mais atuais apontam para cerca de 840.000 pessoas deslocadas , praticamente um terço da população , sendo que cerca de metade dos deslocados são crianças . A forma mais fácil de perceber esta tragédia humana não é através de números e estatísticas . A forma mais fácil de perceber esta tragédia humana é ouvir as histórias destas crianças . Uma de cada vez . Três fotos da mesma menina numa só . Três datas e três estados de espírito diferentes . 19 de fevereiro de 2018 No âmbito do projeto Futuros Presidentes de Moçambique , na visita à Escola Primária Completa de Chinda , no Distrito de Mocímboa da Praia , o fotógrafo Luís Mileu capta o olhar cativante de uma menina com uns brincos dignos de princesa . A fotografia seria escolhida para a capa do livro alusivo ao projeto . 6 de março de 2019 Numa visita à Escola de Chinda , mandámos chamar a menina