MundoH54 - Page 15

15 de drogas em STP , principalmente na população mais jovem . As suas palavras corroboram os dados apresentados no Inquérito de Indicadores Múltiplos ( MICS6-STP ), onde a percentagem de mulheres , entre os 15 e os 49 anos de idade , que bebeu , pelo menos , uma bebida alcoólica durante o último mês é de 52 % e a dos homens 61,8 %. Quando observamos os dados relativamente ao início do consumo de bebidas alcoólicas , 10,7 % dos homens e 6,9 % das mulheres referem ter bebido , pelo menos , uma bebida alcoólica antes dos 15 anos ( MICS6 , 2019 ). Ainda segundo a Organização Mundial de Saúde ( OMS ), o consumo total de álcool per capita ( litros de álcool puro ) em STP tem vindo a diminuir , registando um valor de 6,8 litros em 2016 , sendo que as mulheres registam um consumo de 2 litros per capita e os homens 11,8 litros . Os números parecem ficar muito aquém da preocupante realidade que encontramos em STP quando mergulhamos nas comunidades e nos apercebemos verdadeiramente do quão presente o álcool está no dia-a-dia de homens e de mulheres , que afirmam beber , diariamente , no mínimo 1 ou 2 litros de vinho de palma , o correspondente a 10 dobras ( 0,41 €) e 20 dobras ( 0,82 €), respetivamente . Assim , durante esta manhã dedicada ao Dia Mundial da Droga , tivemos oportunidade de assistir a uma peça teatral alusiva ao tema , seguida de duas palestras . A primeira , apresentada pelo sociólogo Danilson Coutú , com o tema “ juventude e drogas , consequências para o futuro ” e a segunda , apresentada pela Delegada de Saúde de Caué , Dra . Celina Baptista , acerca das consequências do consumo de bebidas alcoólicas nas mulheres grávidas e a amamentar . Ainda no âmbito deste projeto , financiado pelo Camões , I . P ., e particularmente desta atividade , com a colaboração de um artista do Distrito , Nelito Pereira , procurámos deixar o nosso apelo gravado num mural , dedicado a todas as mulheres grávidas e a amamentar , para que não hesitem em dizer : “ Não às bebidas alcoólicas !”. Esperamos que , após esta manhã de partilha e reflexão , todos os participantes consigam assumir uma posição mais firme face a este grave problema . Ainda assim , apesar de se ter tratado de uma iniciativa bem sucedida , o trabalho da Helpo