mundoH51 - Page 28

��
ESTÓRIAS
MARGARIDA LOPES Em São Tomé e Príncipe , a Helpo tem vindo a trabalhar em parceria com o PAM , desde 2014 . Entre outros projetos , que a Helpo leva a cabo , encontra- -se a dinamização das hortas escolares das comunidades de crianças apadrinhadas . Saber que uma horta em funcionamento pode vir a contribuir para a melhoria das refeições de dezenas de crianças , fez-nos , desde cedo , apostar nestas intervenções . Como diz o provérbio , matam-se dois coelhos com uma só cajadada : uma escola , que fornece uma refeição quente aos alunos , contribui para aumentar a frequência escolar e um aluno bem nutrido contribui para melhorar o seu nível de aprendizagem . Começámos por fornecer sementes , materiais e insumos , e prestar apoio técnico aos guardas e pais responsáveis pelo cultivo dos terrenos . Fomos vendo o envolvimento dos professores e da comunidade escolar a crescer e as refeições sofreram melhorias nutricionais , passando a contar com a presença de hortícolas no “ arroz largado ” ou no “ arroz pintado ” ( arroz com feijão ). Sonhámos mais alto e , em 2014 , firmámos o primeiro protocolo com o PAM , que nos permitiu dar um passo maior e começámos a fazer ações de educação alimentar , dirigidas aos alunos . Em 2018 , continuando a trabalhar com o PAM e com o PNA-

“ O PAM destacou a importância das organizações parceiras (...) para fazer chegar a ajuda a mais gente ”

SE ( Programa Nacional de Alimentação e Saúde Escolar ), implementámos o projeto “ Contribuição para a melhoria da situação nutricional das crianças no sistema escolar de educação básica em meio rural de São Tomé e Príncipe através da educação nutricional ” em 4 estabelecimentos de ensino do distrito de Lobata e de Lembá . À data de hoje , está em curso o projeto “ Garantir o acesso das famílias vulneráveis a alimentos e condições de trabalho durante a pandemia da COVID-19 ”, do qual a Helpo é parceira . Este projeto propõe- -se apoiar a organização e capactitação de famílias vulneráveis , incluindo mulheres e pequenos produtores , em técnicas de produção agrícola sustentáveis para cultivarem quintais , parcelas agrícolas e hortas escolares ; em técnicas de armazenamento e transformação de alimentos , bem como em condições de trabalho condignas e seguras no contexto da COVID-19 . A Helpo irá intervir na restauração e / ou criação de 35 hortas escolares , espalhadas pelo território nacional , com atividades de formação dirigidas a mulheres de famílias vulneráveis , e de sensibilização comunitária para a importância da horta escolar e para a monitorização de todo o processo . Obrigada PAM , por nos ajudar a sermos e fazermos ainda mais , na luta contra a desnutrição em São Tomé e Príncipe !