mundoH51 - Page 18

1�
GUINÉ-BISSAU

Kuma ku bu mansi ?

São Domingos , Carolina Reis

Na Guiné-Bissau , logo pela manhã , esta é uma das frases que mais se ouve entre os guineenses . Um cumprimento bem caloroso , que em português significa : “ Como amanheceste ?”. Tal como todos os dias , numa das manhãs de trabalho , lá ouvi : “ kuma ku bu mansi ?”, ao qual respondi : “ mansi bem ”, em português , “ amanheci bem ”. No entanto , nunca imaginaria o que aquele dia me reservava . Depois de uma viagem de duas horas e meia em caminhos bem desafiantes , com muita dança e saltos pelo meio , em que , ao final do dia , nos fazem sempre descobrir a existência de mais um músculo , lá cheguei ao destino . No trabalho nos Centros de Saúde os desafios mantêm-se , tal como a viagem para lá chegar . Apesar da escassez de recursos , os técnicos de saúde tentam garantir os melhores cuidados de saúde à população . No que toca à área da nutrição , o interesse e a disponibilidade em adquirir conhecimento estão sempre muito presentes , o que leva a uma partilha com muitos frutos e com muitos benefícios para as comunidades . E foi numa das consultas que acompanhei neste Centro de Saúde que conheci a Manuela e a Maria . A Manuela trazia a sua filha , Maria , ao Centro de Saúde para colocar as vacinas em dia . A Maria tinha 3 meses e assim que chegou à consulta , chamou logo à atenção , não só por estar muito chorona , mas também por ser visível que apresentava baixo peso . Tal foi confirmado quando a sua mãe a colocou na balança e marcava 3,500kg . Como muitas vezes o aleitamento materno exclusivo não é cumprido , tentámos perguntar à mãe o que estava a dar de comer à criança . Ela respondeu que dava apenas leite de mama . Contudo , ao longo da conversa , acabou por referir que a criança não gostava de uma das mamas e , como tal , só mamava na mama direita . A Manuela , mãe da Maria , era deficiente do braço esquerdo e , como tinha dificuldades em segurar a criança desse lado , apenas dava de mamar na mama direita , alimentando o mito que o leite da mama do lado esquerdo não era bom e que a criança não gostava dele . Depois de explicarmos à mãe a importância de dar de mamar nos dois seios , ajudámos a colocar a Maria na mama do lado esquerdo . Assim que a mãe tirou a mama , era visível o leite no bico e , como era de esperar , assim que a Maria pegou na mama , começou a mamar com grande satisfação , e claro , rapidamente acalmou-se . No final do aconselhamento , esta mãe comprometeu-se a dar à Maria aí em diante , também a mama esquerda . E prometeu que , se fosse difícil fazê-lo sozinha , iria pedir ajuda em casa . E foi de sorriso no rosto que a Manuela e a Maria saíram da consulta . Naquele dia , a alegria daquela mãe foi também a nossa . Um dia que tinha amanhecido bem e que , no entanto , terminou muito melhor ! Exemplos , que nos enchem o coração e nos marcam para sempre !