LIVRO 1 edição - Page 10

Ananias Pinheiro de Souza

Nascido em Diadema – São Paulo, tem 44 anos e ensino Médio completo.

Segundo o mesmo, a situação que o levou a se encontrar em situação de rua foi o vício nas drogas, más companhias, entrou pro mundo do crime, e a família largou mão. Então começou a roubar, foi aviãozinho de traficante, preso várias vezes, até que na última vez foi preso assaltando uma loja de roupas com uma faca, pegou 4 anos e meio, comeu o pão que o diabo amassou, ficou arrependido, e está aqui no centro em busca de apoio.

Ananias tem contato com seu irmão e nos conta: "Enquanto ficava nas ruas, louco, meu pai morreu, fiquei sabendo no dia que fui preso, e quando eu estava preso, minha mãe morreu, meu irmão trabalha em mercado repondo estoque, ganha pouco, tem a vida dele, disse que está disposto a ajudar, mas eu não quero voltar pra Diadema com medo de ser morto”.

Passou por um centro de reabilitação para dependentes químicos e está no Centro de Acolhida há 2 meses.

Futuro?

“Só quero trabalhar, ser alguém na vida, longe da vida do crime, e das drogas!”