Jornal Vanguarda n.99 - Jan/2020/set/2021 n.99 - Jan/2020/set/2021 - Page 7

N o s s a E s c o l a p o s s u i s e i s intérpretes de libras , da esquerda para direita : Renata , Pamela , Hieda , Jefferson , Fabiana e Silmara , que são vozes para os professores e os surdos durante as aulas dos cursos

Consta em nossa Proposta Pedagógica sermos “ uma Escola polivalente o que permite atender uma clientela heterogênea ”. Assim , atendemos toda a maior diversidade possível de pessoas , muitas pessoas com deficiência que como quaisquer o u t r a s , p o s s u e m s u a s peculiaridades , contradições , singularidades e que buscam ser protagonistas de suas vidas . Lutam por seus direitos , valorização , dignidade e efetiva inclusão na sociedade , evidenciando que a deficiência é apenas mais uma característica humana , caso que se reflete na postura do nosso aluno T h i a g o P e r e i r a d a t u r m a d e mecatrônica , 2AM , que tem enorme desejo em concluir o curso e conquistar um espaço no mercado de trabalho .
Vamos começar pelos alunos Surdos ... Você sabia ?
- “ A surdez consiste na perda maior ou menor da percepção normal dos sons . Verifica-se a existência de vários tipos de pessoas com surdez , de acordo com os diferentes graus de perda da audição .” ( MEC , 2006 )
de Aprendizagem Industrial e T é c n i c o s . S ã o profissionais com formação superior e fluência no idioma Língua Brasileira de Sinais LIBRAS ). Segundo esses profissionais , a LIBRAS pode ser um diferencial para o mercado de trabalho , pois é um idioma como o Inglês ou Francês . Da mesma forma , como qualquer idioma , que muda de país para país e
Porém ser surdo está ligado a uma identidade dentro de um contexto social e cultural , a pessoa surda convive numa comunidade e fala uma língua própria com estrutura gramatical e hábitos individuais e sociais únicos . A “ deficiência auditiva ” é um termo técnico da área de medicina usado para falar de alguém que possui perda de audição .
A s a l u n a s K a r i n a K a o r i e Andressa Priscila da turma 2TDS – curso Técnico de Desenvolvimento de Redes - dão dicas para quem quer conhecer um pouco mais os colegas surdos da Escola :
“ O que significa a cultura Surda ? É própria da vivência do surdo , costumes , sua língua , suas características , são muitos d e t a l h e s q u e e n v o l v e a comunidade surda e existem grupos culturais ... o mais importante é a L í n g u a d e S i n a i s * , é a comunicação , dentro da cultura podem ter surdos que oralizam ou são fluentes em sinais , são jeitos .
Como grita com surdo ? A gente grita com surdo ?... Não ... Nós vamos até ele , tocamos no seu ombro , ou avisamos ao intérprete ou alguma outra pessoa que estiver ali . Vamos até esse surdo , acenamos próximo a ele , ele vai entender . São bons costumes estes ... Para pensar : só porque você grita o surdo não vai entender . Você pode usar sinais visuais , se você pisca a luz , significa

ACESSIBILIDADE até de região para região , a LIBRAS também pode mudar .

Assim , o intérprete precisa manter-se sempre atualizado , pois para cada área o e seus contextos , existem palavras ou situações em que há sinais próprios e quando não há , os alunos precisam se adaptar , o q u e p o r v e z e s a c o n t e c e e m concordância durante as aulas . ■
Colaboração : Equipe de Intérpretes .

CONHECER PARA INCLUIR

que você está chamando o surdo , faz parte da cultura surda .
As pessoas ouvintes precisam aceitar a forma de escrita do surdo , porque é uma forma adaptada . O Surdo tem um bom português , mas a forma de escrita é diferente . E existem surdos com vários níveis da língua portuguesa . Porque o português e a libras são totalmente diferentes .
A m i g o s , n a m o r a d o s , relacionamentos , trabalho , o importante é o contato , é a pessoa , é
entender como ela é ... como ouvintes , como os surdos , é importante estudar , conhecer as diversas culturas , mas não como obrigatórias , é livre , as vezes para c o n s e g u i r e m s e e n t e n d e r é importante . Eu , Andressa , gosto de Português , estudo Português sim , é importante , estudo inglês e também a Libras claro , não como obrigatório , é livre , as vezes para conseguirem se entender é importante como o Japonês , o Inglês , é aquilo que você tem empatia , o que te faz feliz ”.
* Lei n º 10.436 , de 24 de abril de 2002 . ■ Colaboração : Equipe de
Intérpretes e Lara Tavares .
7