Jornal do Clube de Engenharia 617 Março/Abril 2021 - Page 4

4
inovação

Encontros com Tecnologia : ecossistema de empreendedorismo

4
O Clube de Engenharia recebeu virtualmente , no dia 8 de abril , Lucimar Dantas , Gerente de Articulações Corporativas do Parque Tecnológico da Universidade Federal do Rio de Janeiro ( UFRJ ) para a palestra “ O Ecossistema de Empreendedorismo : contribuições para superar a crise pandêmica e alcançar os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável ( ODS – ONU )”.
A apresentação deu início à série “ Encontros com Tecnologia ”, na qual os participantes , de diferentes gerações e profissões , vão conversar sobre temáticas atuais que tangenciam a engenharia e fortalecem redes de contato para projetos futuros . Os Encontros com Tecnologia vão acontecer sempre na primeira quarta-feira do mês , de 18h às 20h .
A presença de Lucimar Dantas , há 20 anos atuando na área de Ecossistema de Empreendedorismo na maior universidade do país , com 65 mil estudantes e figurando nos principais rankings de qualidade e inovação na educação , abriu as portas para um novo momento nos eventos do Clube de Engenharia .
Além da infraestrutura que abarca 176 cursos de graduação e 232 de pós-graduação , a UFRJ conta com um celeiro de inovação : o Parque
Tecnológico . Coube à Lucimar descrever a potência dessa estrutura e sua relação com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas ( ONU ).
Em sua primeira edição o Encontro contou com 25 participantes , entre sócios e público externo , que aproveitaram a oportunidade de networking para sugerir desdobramentos e encaminhar propostas .
Coordenam o projeto a Conselheira Vitalícia Fátima Sobral Fernandes , que idealizou a proposta , o Diretor de Atividades Técnicas , José Eduardo Pessoa de Andrade , o Diretor de Atividades Culturais , César Ducker e o Conselheiro Lucas Gitirana .
Novas dinâmicas de mercado
O conceito de “ ecossistema de inovação ” é recente , explica Lucimar Dantas , e surgiu para explicar novos arranjos empresariais que não seguem mais a lógica verticalizada que caracterizou os negócios no século passado .
“ A natureza traz , na biologia , a definição de ecossistema como algo que define a relação entre os seres e o ambiente . A partir dessa metáfora , vamos para o mundo dos negócios e chegamos em um ambiente complexo . O que antes era pensado em década agora é ano e , muito breve , será em meses . Tudo muda numa velocidade muito rápida ”, esclarece .
Nasce , assim , uma relação de cooperação e interdependência entre stakeholders ( partes interessadas ), como empresas , fornecedores , concorrentes , clientes , instituições de ensino e governo , sem muita hierarquia e com muito dinamismo .
A partir dos anos 2000 , o conceito de inovação aberta também vem fortalecer o novo ecossistema , em contraposição à inovação funcional , anterior , na qual as novas ideias eram centradas em departamentos específicos dentro das empresas . Com a inovação aberta , novos produtos e serviços não são criados apenas dentro das empresas , mas também em colaboração com outros stakeholders , um processo em rede e sistêmico . Garante-se , assim , maior rapidez para atender às demandas da sociedade .
“ Os ecossistemas de inovação mais bem sucedidos são aqueles que possuem uma série de atores integrados ”, explica a engenheira de produção com mestrado pela UFRJ . São atores não apenas grandes empresas , diferentes esferas governamentais e instituições de pesquisa , mas também investidores , startups , instituições de ensino , mentores de negócios , instituições de apoio e fomento , prestadores de serviço e comunidade e habitat receptivos à inovação .
Além dos atores , a palestrante também aponta que é preciso um ambiente aberto para a inovação , no qual estejam integrados políticas públicas , capital financeiro , cultura empreendedora , instituições de suporte , recursos humanos e mercados a serem atendidos .
Reprodução
Lucimar Dantas :” Nasce uma relação de cooperação e interdependência entre stakeholders ( partes interessadas ), como empresas , fornecedores e governo , sem muita hierarquia e com muito dinamismo ”.