Jornal do Clube de Engenharia 617 Março/Abril 2021 - Page 11

11
março / abril de 2021
DTEs
PMRJ / Divulgação
O papel da engenharia
Entre todos os participantes do debate foi consenso a importância do conhecimento técnico na construção dos programas do PDAU , não só para a diminuição direta dos déficits de arborização , mas também na queda da barreira cultural criada no passado . Alberico Martins Mendonça , representando o Crea-RJ , destacou que os engenheiros florestais têm diversas disciplinas ao longo da formação que podem colaborar muito com a implantação do PDAU . “ Se há um plano como o PDAU , é importante estabelecermos nele as premissas básicas do que é o plantio de uma árvore em uma rua . Quando a pessoa planta uma árvore na frente da sua casa , ela precisa ter cuidado porque se cai muita folha , se arrebenta as calçadas , as pessoas passam a ver as árvores como uma coisa ruim ”, alerta . E trouxe boas notícias . “ Parte do nosso trabalho é conversar com as pessoas . Aquele morador que não quer árvore na frente de casa , que cimentou até a base das árvores , a gente acredita muito na educação ambiental , de chamá-lo a participar , escolher a espécie , informar antes do plantio .
O engenheiro apresentou diversos aspectos técnicos que precisam
Previsto no Plano Diretor da cidade , de 2015 , o Planejamento da Arborização Urbana do Rio ficou no papel até o final de fevereiro de 2021 , quando a prefeitura decidiu colocar o plano em prática .
ser observados nos programas do plano diretor . “ Há questões técnicas importantes como a qualidade das mudas . As usadas para arborização urbana são as de pelo menos 1 metro e 80 centímetros . Como elas geralmente são produzidas em sacos plásticos , sob condições controladas , essas mudas não costumam ter a
proporcionalidade que toda árvore tem que ter entre as raízes e a parte aérea . Assim que plantada , a muda precisa de um tempo para reorganizar seu sistema radicular . Outra questão são as podas feitas pelas concessionárias de serviços públicos . São verdadeiros crimes . Um trabalho muito sério é feito pela Comlurb , mas outras concessionárias , tanto na parte aérea , quanto na subterrânea , têm destruído muitas árvores ” aponta , destacando a importância de garantir que o PDAU contemple profissionais que dominem os critérios técnicos .
A arborização urbana distribuída de forma irregular e sem planejamento foi identificada como um desafio há pelo menos 150 anos . De lá para cá , o problema só se intensificou e o plantio de árvores sem controle e conhecimento necessários levou ao plantio de árvores como as amendoeiras , que cresceram destruindo calçadas e espalhando raízes nas fundações das casas . Ensinaram à população que ali estava um problema , não a solução . Ainda hoje pagamos caro pelo engano : o calor do verão carioca e as recorrentes enchentes .
DIRETORES DE ATIVIDADES TÉCNICAS : Artur Obino Neto ; João Fernando Guimarães Tourinho ; José Eduardo Pessoa de Andrade ; Maria Alice Ibañez Duarte
Divisões técnicas especializadas
Ciência E Tecnologia ( DCTEC ): Chefe : Alexandre Vacchiano de Almeida ; Subchefe : Marcio Patusco Lana Lobo | CONSTRUÇÃO ( DCO ): Chefe : Rivamar da Costa Muniz ; Subchefe : Abílio Borges | ELETRÔNICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ( DETI ): Chefe : Miguel Santos Leite Sampaio ; Subchefe : Gilberto Paes França | ENERGIA ( DEN ): Chefe : James Bolivar Luna de Azevedo ; Subchefe : Alcides Lyra Lopes | ENGENHARIA DE SEGURANÇA ( DSG ): Chefe : Ricardo de Noronha Viegas ( licenciado até 2020 ); Subchefe : Neilson Marino Ceia | ENGENHARIA DO AMBIENTE ( DEA ): Chefe : Paulo Murat de Sousa ; Subchefe : Abílio Valério Tozini | ENGENHARIA ECONÔMICA ( DEC ): Chefe : Mauro de Souza Gomes ; Subchefe : Paulo Tadeu Costa | ENGENHARIA INDUSTRIAL ( DEI ): Chefe : Luiz Antônio Fonseca Punaro Barata ; Subchefe : Elinei Winston Silva | ENGENHARIA QUÍMICA ( DTEQ ): Chefe : José Eduardo Pessoa de Andrade ; Subchefe : Simon Rosental | ESTRUTURAS ( DES ): Chefe : Robson Dutra da Veiga ; Subchefe : Roberto Possollo Jerman | EXERCÍCIO PROFISSIONAL ( DEP ): Chefe : Jose Jorge da Silva Araujo ; Subchefe : Bruno Silva Mendonça | FORMAÇÃO DO ENGENHEIRO ( DFE ): Chefe : Jorge Luiz Bitencourt da Rocha ; Subchefe : José Brant de Campos | GEOTECNIA ( DTG ): Chefe : Manuel de Almeida Martins ; Subchefe : Ian Schumann Marques Martins | MANUTENÇÃO ( DMA ): Chefe : José César da Silva Loroza ; Subchefe : Carlos Alberto Barros Gutierrez | PETRÓLEO E GÁS ( DPG ): Chefe : Newton Tadachi Takashina ; Subchefe : Irineu Soares | RECURSOS HÍDRICOS E SANEAMENTO ( DRHS ): Chefe : Jorge Luiz Paes Rios ; Subchefe : Miguel Fernández Y Fernández | RECURSOS MINERAIS ( DRM ): Chefe : Marco Aurélio Lemos Latgé ; Subchefe : Ana Maria Netto | RECURSOS NATURAIS RENOVÁVEIS ( DRNR ): Chefe : Ibá dos Santos Silva ; Subchefe : Arciley Alves Pinheiro | TRANSPORTE E LOGÍSTICA ( DTRL ): Chefe : Alcebíades Fonseca ; Subchefe : Licínio Machado Rogério | URBANISMO E PLANEJAMENTO REGIONAL ( DUR ): Chefe : Uiara Martins de Carvalho ; Subchefe : Guilherme Fonseca Cardoso
11