Intelligent CIO LATAM Issue 3 - Page 42

DESTAQUE : TELECOMUNICAÇÕES
Nesta página : Torre monopolo da ATC
Próxima página : Torre de auto-suporte da ATC um ganho em mercados como Argentina , Brasil , Chile e Peru . O negócio foi fechado em junho deste ano e alcançou US $ 1,1 bilhão para as 7 mil torres na América Latina .
As torres evoluem
A Internet das Coisas , IoT , passa a ser o eixo dessa tendência se levarmos em consideração o crescimento

ISSO SIGNIFICA UMA IMPLANTAÇÃO MAIOR DE DISPOSITIVOS DO QUE HOJE , PARA OBTER MENOR LATÊNCIA , MAIOR CONSISTÊNCIA NA CONECTIVIDADE E FAIXAS DE CONECTIVIDADE CONSISTENTES COM O TIPO DE DISPOSITIVO .

previsto pela American Tower tanto em número de dispositivos conectados quanto em largura de banda por usuário . De acordo com a American Towers , o crescimento dos dispositivos IoT passará de US $ 155 milhões em 2020 para US $ 426 milhões em 2026 .
As torres de transmissão também serão afetadas pela transição de 3G e 4G para 5G , pois passará de um equipamento simples conectado a antenas SISO acopladas por um cabo coaxial à estação base 3G que inclui a unidade de banda base , transceptores , amplificadores e outros equipamentos auxiliares , a uma ligação mais especializada , composta por antenas multibanda MIMO , baseadas em MIMO 2X2 que já se tornaram comuns graças ao LTE mas que passará para 4x2 e depois para 4x4 , obtendo assim uma maior eficiência em termos de utilização do espectro .
Da mesma forma , cabeças de rádio remotas serão conectadas , incluindo placas de transceptor , amplificadores de potência e filtros necessários para melhorar a conectividade . acessar a unidade base LTE que pode ser implantada na base da torre ou em uma conexão remota data center , aproveitando a arquitetura Cloud RAN ( Radio Access Network ), que melhora consideravelmente as metodologias de conectividade existentes .
Basicamente , e de acordo com a Ericsson , Cloud RAN permite o uso de COTS ( plataformas de hardware ) incluindo aceleradores , arquitetura nativa na nuvem , gerenciamento , automação e orquestração e programabilidade em RAN .
Isso significa uma implantação maior de dispositivos do que hoje , para obter menor latência , maior consistência na conectividade e faixas de conectividade consistentes com o tipo de dispositivo .
Novas formas de acessar a rede móvel
As antenas também irão evoluir para uma nova conectividade baseada em fibra ótica que irá adicionar melhor desempenho às múltiplas interações que ocorrem em tempos cada vez mais curtos , para
Por sua vez , as redes serão implantadas além das torres principais ou macro torres , que agora terão uma nova camada subjacente para atingir novas áreas e cenários de forma confiável , além de oferecer a melhor
42 INTELLIGENTCIO AMÉRICA LATINA www . intelligentcio . com / latam-pt