Intelligent CIO LATAM Issue 14 - Page 34

PERGUNTAS DO EDITOR
ALAIN ALMEIDA , LEAD PARTNER DE TECNOLOGIA ,
MÍDIA E TELECOMUNICAÇÕES , KPMG COLÔMBIA

Vemos várias questões a serem abordadas na situação atual em relação ao consumo em dólares e à inflação que nos afeta globalmente . Devemos realizar uma gestão mais precisa dos contratos de tecnologia , ou seja , revisar todas as compras de dólares feitas sob contratos de consumo flexíveis ou elásticos ( geralmente serviços em nuvem ). Também é fundamental identificar contratos com condições limitantes que envolvam alterações significativas nas taxas de consumo para que possamos monitorar e estabelecer estratégias operacionais diante de picos de consumo que possam afetar os valores orçados .

Outra consideração importante é a necessidade de verificar a plena utilização da capacidade instalada ociosa que , agora mais do que nunca , é uma obrigação , bem como buscar opções para
88 % dos líderes empresariais latino-americanos estão confiantes sobre a economia de seus países para os próximos três anos .
eliminar tal ociosidade ou fazer uma revisão criativa de seus possíveis usos , vinculando outros parceiros estratégicos para a discussão do financiamento e exploração coletiva dessas capacidades .
A renegociação de tarifas de consumo atreladas diretamente ao dólar sempre foi uma opção nesse mercado . Olhando para o relacionamento fornecedorcliente de longo prazo , devemos estar prontos para fazê-lo e engajar a longo prazo com fornecedores
confiáveis que investirão no relacionamento em tempos de crise . Se estivermos prestes a negociar novas licenças , é essencial revisar as opções existentes de nuvem local com pagamentos em moeda local .
Trazer a equipe técnica para a discussão também é fundamental . As otimizações que economizam tempo de computação e armazenamento não vêm do comitê de compras , mas de uma equipe técnica altamente qualificada e motivada a operar infraestruturas flexíveis com foco claro na otimização de recursos .
Os fatores ESG estão sendo adotados em muitas empresas em todo o mundo porque os consumidores estão exigindo processos mais sustentáveis , fáceis de usar e melhor gerenciados , enfatizando novos formatos que mostram o verdadeiro objetivo dos consumidores nestes tempos de estresse financeiro : preços mais baixos sem perda de qualidade .
Entre os aspectos analisados , 88 % dos líderes empresariais latino-americanos estão confiantes sobre a economia de seus países para os próximos três anos , enquanto 84 % no varejo e comércio de consumo têm a mesma percepção . Isso leva à inferência de que mesmo com as mudanças e conjunturas políticas e internacionais , há confiança no crescimento econômico .
34 INTELLIGENTCIO AMÉRICA LATINA www . intelligentcio . com / latam-pt