Intelligent CIO LATAM Issue 13 - Page 66

TECNOLOGIAS INTELIGENTES // Data Centers

Pesquisa de data center mostra crescimento significativo no Edge de rede

relatório aprofundou a pesquisa da Vertiv sobre o Edge da rede e identificou quatro modelos de infraestrutura de Edge que permitem uma abordagem mais inteligente e semipadronizada para a implantação de infraestrutura de Edge . Os resultados da pesquisa são consistentes com a premissa do Edge Archetypes 2.0 – que o crescimento maciço no Edge requer uma abordagem mais padronizada para a arquitetura Edge .
A Vertiv entrevistou 156 profissionais do setor com informações sobre os planos de Edge Computing de sua empresa . A pesquisa vê o componente Edge da computação total crescendo 29 %, ao mesmo tempo em que revela que a sustentabilidade está desempenhando um papel importante nas implantações novas e planejadas do Edge

O

investimento significativo em todo o setor em Edge Computing mudará o perfil do ecossistema do data center nos próximos quatro anos , aumentando o componente Edge da computação total em 29 % nesse período , de 21 % da computação total para 27 % em 2026 . A magnitude da mudança contínua do setor para o Edge está entre as descobertas notáveis de uma nova pesquisa global com profissionais do setor de data center da Vertiv , um fornecedor global de infraestrutura digital crítica e soluções de continuidade .
Cerca de um terço ( 34 %) dos pesquisados estão planejando ou em meio a implantações significativas de Edge . Um quarto já implantou novos sites de borda criados especificamente e 41 % estão operando sites de borda herdados . Toda a atividade no Edge é impressionante , mas os participantes da pesquisa também preveem um aumento de 150 % nos sites principais e um aumento na atividade na nuvem . De acordo com a pesquisa , espera-se que a porcentagem de recursos de TI implantados na nuvem pública cresça de 19 % atualmente para 25 % até 2026 . A demanda por recursos de computação está disparando nas redes atuais .
“ Os próximos cinco anos remodelarão o cenário do data center , deslocando cada vez mais a computação para o Edge e reforçando as instalações corporativas no núcleo das redes híbridas modernas ”, disse Martin Olsen , vice-presidente global de Estratégia e Transformação de Borda da Vertiv . “ Esta pesquisa deixa clara a demanda urgente por computação mais próxima do usuário final . O futuro da computação é sobre velocidade e latência , e a única maneira de atender a essa necessidade é construir a borda da rede ”.
Os resultados da pesquisa chegam logo após o lançamento no final do ano passado do Edge Archetypes 2.0 : Deployment- Ready Edge Infrastructure Models . Esse
A pesquisa também revelou a mudança de perfil do site Edge moderno . Alguns ( 29 %) dos sites apresentam entre cinco e 20 racks e 13 % possuem mais de 20 racks . Mais racks significam mais energia e os resultados da pesquisa refletem que : 28 % dizem que seus locais exigem entre 21 e 200 kW e 14 % relatam demandas de energia superiores a 200 kW . Os dias de racks individuais escondidos em armários de TI rudimentares acabaram . Outras descobertas importantes da pesquisa incluem :
• A sustentabilidade está desempenhando um papel importante em implantações de Edge novas e planejadas . Mais de três quartos dos locais ( 77 %) estão usando ou planejando usar sistemas UPS energeticamente eficientes . Além disso , 40 % planejam usar energia renovável ; 31 % de resfriamento com eficiência de água ; 29 % de tecnologias de suporte à rede dinâmica ; e 19 % de refrigerantes com baixo potencial de aquecimento global ( PAG ).
• Embora a segurança e a disponibilidade tenham sido as principais prioridades dos participantes que implantam sites de borda , a pesquisa expôs algumas práticas atuais de design e operação que podem reduzir a capacidade do site de computação de borda de atingir esses objetivos à medida que o número de sites se expande . p
66 INTELLIGENTCIO AMÉRICA LATINA www . intelligentcio . com / latam-pt