Intelligent CIO LATAM Issue 11 - Page 29

INFOGRÁFICO
acreditam que o C-suite entende completamente os riscos cibernéticos . Embora alguns pensem que isso ocorre porque o assunto é complexo e está em constante mudança , muitos acreditam que o C-suite não se esforça o suficiente ( 26 %) ou não quer ( 20 %) entender .
Também há divergências entre os líderes de TI e de negócios sobre quem é o responsável final por gerenciar e mitigar riscos . Os líderes de TI são quase duas vezes mais propensos do que os líderes de negócios a apontar para as equipes de TI e o CISO . Um total de 49 % dos entrevistados afirma que os riscos cibernéticos ainda estão sendo tratados como um problema de TI e não como um risco comercial .
Esse atrito está causando problemas potencialmente sérios : 52 % dos entrevistados concordam que a atitude de sua organização em relação ao risco cibernético é inconsistente e varia de mês para mês . No entanto , 31 % dos entrevistados acreditam que a cibersegurança é o maior risco comercial hoje e 66 % afirmam que tem o maior impacto de custo de qualquer risco comercial – uma opinião aparentemente conflitante , dada a disposição geral de comprometer a segurança .
49 % dos entrevistados afirma que os riscos cibernéticos ainda estão sendo tratados como um problema de TI e não como um risco comercial .
Existem três maneiras principais pelas quais os entrevistados acreditam que o C-suite se sentará e tomará conhecimento do risco cibernético :
• 62 % acham que seria necessária uma violação de sua organização ;
• 62 % acham que ajudaria se pudessem relatar melhor e explicar mais facilmente o risco comercial das ameaças cibernéticas ;
• 61 % dizem que teria impacto se os clientes começassem a exigir credenciais de segurança mais sofisticadas .
A Trend Micro contratou a Sapio Research para entrevistar 5.321 tomadores de decisão de TI e de negócios de empresas com mais de 250 funcionários em 26 países . p
www . intelligentcio . com / latam-pt INTELLIGENTCIO AMÉRICA LATINA 29