Ateneu Química - Tabela Periódica - Page 21

- Potencial de Ionização ! Na tabela as setas mostram o crescimento dos potenciais de ionização dos elementos. O elétron, ao ser excitado, passa de níveis inferiores para níveis superiores de energia. Quando atinge um nível energético em que o núcleo não exerce mais atração sobre o elétron, dizemos que atingiu um nível (distância) infinito. Para separar definitivamente um elétron de seu átomo, precisamos atingir esse nível infinito. A essa transposição corresponde um certo conteúdo de energia, chamada energia de ionização (estando o átomo no estado gasoso, isolado e no estado fundamental, isto é, no mais baixo conteúdo de energia). Como o processo envolve uma diferença de potencial, é mais apropriado falar-se em POTENCIAL DE IONIZAÇÃO, determinado para 6,02X1023 átomos do elemento no estado gasoso (átomos isolados), pois assim se evita a interferência de átomos vizinhos na energia inicial do elétron a ser arrancado. A condição referente ao mais baixo estado de energia é importante pela necessidade de se compararem valores determinados sob critérios idênticos. Podemos arrancar um ou mais elétrons do mesmo átomo. Teríamos, então, o primeiro potencial de ionização, segundo potencial de ionização, terceiro potencial de ionização, etc. Nas famílias o potencial de ionização aumenta de baixo para cima e nos períodos da esquerda para a direita.