As Dispensações - Page 26

REINO

Conforme destacado no último artigo , temos um tremendo privilégio de viver na era da graça – uma era em que Deus está “ visitando os gentios , para tomar deles um povo para o seu nome ” ( Atos 15:14 ), e nosso Senhor Jesus Cristo , como Ele prometeu , está edificando Sua Igreja ( Mateus 16:18 ). Algum dia , muito em breve ( talvez hoje ), esta obra será concluída , e o próprio Senhor virá como prometeu ( João 14:3 ) e nos levará para estarmos com Ele . Esse será o início do fim da atual Dispensação da Graça de Deus . Em algum ponto após isso ( possivelmente simultaneamente , ou talvez algum tempo depois ), um tratado de paz será assinado prometendo a paz no Oriente Médio , e o relógio profético recomeçará , dando início a sete anos diferentes de tudo o que o mundo já testemunhou .

Esse período de sete anos ( frequentemente referido como “ a tribulação ”) completará a profecia detalhada e específica do tempo delineada em Daniel 9:24-27 . Essa profecia previu eventos que durariam 490 anos ( 70 conjuntos de sete anos ), com um ponto de partida muito específico . Os primeiros 483 anos já foram literalmente cumpridos – 69 conjuntos de sete anos civis reais . Há , portanto , todos os motivos para termos certeza de que o período restante de sete anos também será literalmente cumprido . Os eventos desses anos , especialmente os últimos três anos e meio , são descritos para nós em Mateus 24 e nos capítulos 5 a 19 do Apocalipse ( bem como em várias outras passagens das Escrituras ). O evento final e culminante desse período será o retorno literal e corpóreo do Rei dos Reis e Senhor dos Senhores à terra ( Apocalipse 19:11-16 ).
Este dramático e espetacular advento dará início ao reinado literal de Cristo sobre o mundo que é Seu , tanto por direito como Criador quanto por compra como Redentor . Apocalipse 20 afirma que esse reinado durará 1.000 anos – um período mencionado seis vezes nos primeiros sete versículos daquele capítulo . A Teologia Dispensacional aceita essas afirmações claras e permite que elas signifiquem exatamente o que dizem , abraçando de todo o coração a gloriosa expectativa do reinado terreno de Cristo literal de 1.000 anos , comumente referido como “ o Milênio ”.
Revelação
Assim como a Dispensação da Graça foi marcada por uma revelação direta e notável de Deus em seu início , também é a Dispensação do Reino . Mas , em vez de vir como um bebê humilde em uma manjedoura , Cristo aparecerá como um poderoso conquistador , travando guerra contra Seus inimigos , afirmando Sua reivindicação legítima como governante supremo da terra e derrubando toda oposição . Todo incrédulo na terra será banido de Sua presença , e somente os verdadeiros cristãos entrarão em Seu reino . As palavras de Isaías 32:1 serão cumpridas : “ Reinará um rei com justiça ” e , pela primeira vez na história humana , um homem realmente administrará o domínio e a justiça com competência perfeita , como sempre foi a intenção de Deus . Nenhum ser humano jamais alcançou este propósito . Adão falhou miseravelmente , e desde então , através das sucessivas eras , o fracasso tem sido um tema constante e recorrente . Mas nesta “ era de ouro ”, haverá um governo perfeito , justiça para todos , uma terra produzindo em abundância e , efetivamente , todos os efeitos da maldição sobre a criação suspensos . Satanás estará
26