3º dia da 61ª FENINJER - Page 2

INFOJOIA O seu varejo funciona no celular? Tarde de serestas Por Erica Mendes Em sua palestra na noite da última terça-feira, Othon Barcellos usou a expressão “nativo digital” para descrever o perfil do consumidor jovem que já nasceu na era digital e usa seu smartphone para pesquisar, opinar e comprar produtos. No Brasil, 82% dos jovens (de 9 a 17 anos) acessam à internet pelo seu smartphone, sendo o país o 6° no ranking mundial em números de aparelhos celular. Ora, se o consumidor fica 24 horas conectado à internet graças ao seu celular, é mais do que natural que ele use seu aparelho em diversas etapas de experimentação da sua marca. Isso não significa que o processo é sempre o mesmo. Ou seja, hoje ele pode pesquisar na internet e comprar na loja física. Amanhã, ele pode entrar na loja, olhar os produtos, tirar o celular do bolso, digitar uma pesquisa no Google e/ou tirar uma foto e pedir a opinião nas redes sociais, ir embora e mais tarde comprar pela internet. Pode ainda, através do seu celular, comprar pela internet dentro da loja física ou comprar pela internet e retirar na loja física. Este comportamento implica em dizer que o varejo tem que repensar suas estratégias online e offline de forma integrada, e não mais fragmentada. Para o jovem não há distinção entre os canais, portanto, integrar a tecnologia à experiência do consumidor é imperativo ao negócio. O consumidor é seu aparelho, se o varejo não funcionar no celular, ele não funcionará também para o consumidor. Cantando músicas inspiradas em mulheres brasileiras que foram retratadas em versos e prosas por grandes compositores brasileiros, os Trovadores Urbanos são a atração especial da Goldbacker nesta Feninjer. Pontualmente às 17h durante todos os dias da feira, a dupla se apresenta na “Praça das Serestas”, dentro do stand da empresa. Caracterizados com roupas da década de 20, as apresentações, que são uma gostosa viagem ao tempo, fazem referência à nova coleção da marca. Os lançamentos da marca trazem joias pelas baseadas nas músicas Marina, de Dorival Caymmi, Luiza, de Tom Jobim, Iolanda, de Chico Buarque, entre outras. As joias tem design impactante, assim como as brasileiras. Ao mesmo tempo apresentam harmonia e graciosidade, são leves e femininas. Presentes em vários modelos, as gemas marcam presença de maneira equilibrada, revelando um brilho ousado e mais insinuante, como em uma deliciosa melodia.